Alfredo Gaspar propõe programa para compensar defasagens na educação devido a pandemia

Por Assessoria | Edição do dia 23 de setembro de 2020
Categoria: Maceió, Notícias | Tags: ,,,,,,,


Foto: Divulgação

Após entregar oficialmente à Justiça Eleitoral o Plano de Governo Maceió 2021-2024, na segunda-feira (21), o candidato a prefeito da Capital, Alfredo Gaspar (MDB), começou a anunciar parte dos programas contidos no Plano. Alguns deles terão efeito imediato, como a criação do programa Super Ano letivo, que visa compensar os alunos da defasagem educacional provocada pela pandemia, com o fechamento das escolas municipais em Maceió.

O projeto vem acoplado “a ações como reformas e construção de novas unidades de ensino para ampliar o número de vagas e modernizar as instalações, incluindo áreas para práticas esportivas e espaços adequados para o cenário de pandemia e pós-pandemia”, diz um trecho do plano.

O Super Ano vai, ao mesmo tempo, garantir, ampliar os bons resultados alcançados pela Educação Pública do município, com a virada nos números do Índice de Desenvolvimento de Educação Básica (Ideb). Em 2019, pela primeira vez, Maceió superou a média para os anos finais da grade curricular, atingindo 4.3, acima da projeção de 4.2 do Índice de Desenvolvimento de Educação Básica (Ideb/2019). O resultado foi divulgado na terça-feira (15), pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

“A chegada da Covid 19 e a indefinição sobre a volta às aulas agravaram a situação da Educação nos últimos seis meses. Praticamente, perdemos o ano letivo e agora teremos que retomar mais fortes, até mesmo para assegurar a boa nota que obtivemos no Ideb”, adiantou Alfredo Gaspar.

O Plano de Governo também tem a chancela de todos os Partidos que fazem parte da Coligação Maceió Mais Forte (MDB, Podemos, PSD, PRTB, PSC, PTC, PL, PV e Avante).

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados