Alfredo Gaspar percorre lagoa e conhece rotina dos pescadores de Maceió

Na semana passada, o ex-procurador de Justiça esteve com os representantes da Federação e das colônias de pescadores do município

Alfredo Gaspar percorre lagoa e conhece rotina dos pescadores de Maceió

Na semana passada, o ex-procurador de Justiça esteve com os representantes da Federação e das colônias de pescadores do município

Por Assessoria | Edição do dia 17 de julho de 2020
Categoria: Alagoas, Notícias | Tags: ,,


O ex-procurador de Justiça de Alagoas e pré-candidato à Prefeitura de Maceió, Alfredo Gaspar, conheceu de perto a rotina dos trabalhadores de pesca de Maceió nesta sexta-feira (17). Acompanhado de integrantes da Federação dos Pescadores de Alagoas, ele percorreu uma rota na Lagoa Mundaú para prestigiar milhares de pescadores que tiram seu sustento das águas que banham a capital de Alagoas.

Na semana passada, o ex-procurador de Justiça esteve com os representantes da Federação e das colônias de pescadores do município, dialogando e acolhendo as demandas que proporcionem melhorias nas condições de vida dos trabalhadores. São cinco colônias que representam sete mil pescadores.

A primeira parada foi no Centro Pesqueiro de Maceió, localizado no Jaraguá. Gaspar ressaltou que sempre procurou, ao longo de sua vida, enfrentar com determinação os problemas. “Estou aqui para conhecer a estrutura e saber onde estão as possíveis deficiências do local”. Ele relembrou que, ainda na chefia do MP, recebeu um grupo de líderes dos pescadores e pode conhecer um pouco da realidade vivenciada por eles.

“O que importa agora é saber se os equipamentos estão resolvendo o problema de vocês. Se o preço é compatível com o que vocês podem pagar, e se o espaço é suficiente para ser dividido entre vocês”, disse.

Em seguida, junto às lideranças sindicais, o candidato a prefeito de Maceió pode conhecer a rotina dos pescadores, percorrendo uma rota na Lagoa Mundaú. A visita de reconhecimento teve início no Pontal da Barra e passou pelos bairros do Vergel e Bebedouro.

Mauro Pedro, presidente da Colônia de Pescadores de Bebedouro, destacou que a atividade não é importante só para o pescador, mas para vários segmentos do Estado, por isso precisam de uma maior valorização. “Até agora, não temos tido o valor que merecemos. Nunca tivemos muito incentivo, o poder público precisa olhar por nós da lagoa, nós que trabalhamos diariamente para sustentar nossas famílias com a pesca”, disse Mauro.

Durante a rota, Alfredo Gaspar frisou que é necessário valorizar as belezas naturais que temos em Maceió, tratar o desassoreamento da lagoa, cuidar com muito carinho das necessidades das colônias, incentivar o turismo, e principalmente dar apoio aos pescadores.

“São milhares de famílias que que tiram o sustento da pesca. Estamos aqui para conhecer de perto e apoiar esses trabalhadores que cuidam da nossa lagoa. Tudo isso representa riquezas para o nosso povo” concluiu o pré-candidato.

Os presidentes das colônias do Pontal da Barra, Maria José, conhecida como Fia; do Vergel do Lago, Marileide; de Bebedouro, Mauro Pedro, conhecido como Vem Cá, e Thiago Cassimiro, liderança da Força Sindical, participaram da rota na Lagoa Mundaú.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados