Alagoas vai investir mais de R$200 milhões em modernização da Segurança Pública até o final de 2022

Governador afirma que recursos serão investidos em mais Centros Integrados de Segurança Pública (CISPS), em duas Cidades da Polícia Civil, entre outras ações

Alagoas vai investir mais de R$200 milhões em modernização da Segurança Pública até o final de 2022

Governador afirma que recursos serão investidos em mais Centros Integrados de Segurança Pública (CISPS), em duas Cidades da Polícia Civil, entre outras ações

Por Assessoria | Edição do dia 22 de julho de 2021
Categoria: Alagoas, Polícia | Tags: ,,,,


Foto: Reprodução

O governador Renan Filho afirmou, na manhã desta quinta-feira (22), que até o final do próximo ano, o Governo do Estado vai investir mais de R$ 200 milhões na modernização da Segurança Pública. O anúncio foi feito durante a apresentação à imprensa de 1,7 tonelada de drogas apreendidas em Alagoas para incineração.

Estado aparece como o 4º ente federativo que mais ampliou os investimentos no combate à violência, de acordo com a edição 2021 do Anuário Brasileiro da Segurança Pública. Renan Filho revelou que os novos recursos serão investidos, dentre outras ações, na construção de mais Centros Integrados de Segurança Pública (CISPS) e duas Cidades da Polícia Civil, complexos que vão concentrar diversas delegacias. De acordo com o governador, as unidades serão edificadas em Maceió e Arapiraca.

“Estamos realizando o maior conjunto de concursos públicos, neste momento, em Alagoas. São certames para o Corpo de Bombeiros e para as polícias Civil e Militar. E no início do ano que vem, faremos o concurso para a Perícia Oficial. Isso significa dizer que as Forças de Segurança Pública em Alagoas recebem investimentos, se reinventam e conseguem combater o crime da maneira mais bem sucedida hoje no país”, afirmou Renan Filho, ao lado do secretário da Segurança Pública, Alfredo Gaspar de Mendonça.

A apresentação dos entorpecentes apreendidos ocorreu no estacionamento do Memorial à República, no bairro de Jaraguá, em Maceió. O montante resultou de apreensões feitas pelas Forças de Segurança ao longo do ano em Alagoas e do forte trabalho de combate à criminalidade e de repressão ao tráfico de entorpecentes realizado pela Secretaria de Estado da Segurança Pública (SSP).

Foto: Reprodução

“Quanto mais você retira drogas das ruas, mais você impede que o tráfico se fortaleça com armamentos e com ampliação das áreas de atuação. Além dessas quase duas toneladas, estamos, também, com mais de uma tonelada esperando autorização judicial para incineração”, revelou Alfredo Gaspar. Os entorpecentes foram transportados, sob escolta policial, para ser incinerado no forno de uma usina de cana-de-açúcar, em Marechal Deodoro.

“Só esse ano, estamos com 137% de aumento na apreensão de cocaína, que é a droga mais cara e que mais impacta nesse poderio do tráfico. E outra coisa que a gente pode dizer com orgulho em Alagoas, que, diferentemente de algumas Unidades da Federação, aqui não tem território que a polícia não domine. O tráfico não manda aqui, portanto, o policial entra em qualquer local, a qualquer hora, para proteger a população”, afirmou Alfredo Gaspar.

O secretário também falou dos novos investimentos que serão feitos pelo Governo do Estado até o final do próximo ano.

“Agora mesmo, o governador autorizou mais investimentos na Polícia Civil, equipando e construindo delegacias regionais; na Polícia Militar, com novos batalhões; tudo isso para ser construído ainda este ano. A nova sede do Instituto de Criminalística, em Arapiraca; e da Perícia (Oficial), em Maceió; novos postos do Corpo de Bombeiros, enfim, além de dezenas de outros investimentos que irão resultar, a exemplo dos concursos públicos, numa redução ainda maior dos índices de violência”, citou.

Redução

Durante a coletiva de imprensa, o governador e o secretário destacaram os ótimos resultados alcançados pela Segurança Pública de Alagoas na redução dos índices de violência, confirmados pela edição 2021 do Anuário Brasileiro de Segurança Pública. O conjunto de estatísticas divulgado no dia 15 de julho pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública aponta que o estado teve a segunda maior redução de mortes violentas do Brasil nos últimos dez anos, e a maior do Nordeste.

Alagoas também aparece como o estado brasileiro que mais reduziu o número de roubos a residências e estabelecimentos comerciais, com queda percentual de 40,4% e 43%, respectivamente, no comparativo entre 2019 e 2020. Além disso, foi a quinta Unidade da Federação que mais diminuiu o roubo a veículos (-38,7%) e o quarto com maior queda no roubo de carga (-51,5%).

 

“Isso é muito significativo e é motivo para que a gente intensifique os esforços e os trabalhos”, ressaltou Renan Filho. “Vamos seguir trabalhando firme: ampliar as políticas públicas que dão certo, fortalecer a Força Tarefa, levar o Ronda no Bairro a mais áreas e garantir mais investimentos em Segurança Pública porque o Governo está no rumo certo”, acrescentou.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados