Alagoas discute currículo da Educação Básica em Seminário

Evento ocorrerá simultaneamente em Maceió, Arapiraca e Delmiro Gouveia; propostas para o currículo nacional podem ser apresentadas no site basenacionalcomum.mec.gov.br

Por | Edição do dia 12 de outubro de 2015
Categoria: Artigos, Educação, Notícias | Tags: ,


large (1)

Processo de construção está em andamento e é coletivo, contando com a colaboração de todos os envolvidos no processo educacional. (Foto: José Demétrio)

Alagoas vai sediar uma grande discussão sobre os conteúdos curriculares da Educação Básica: no próximo dia 21, o Governo, por meio da Secretaria de Estado da Educação (Seduc) e a União dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) promovem o I Seminário Estadual sobre a Base Nacional Comum Curricular. O evento acontece simultaneamente nas cidades de Maceió, Arapiraca e Delmiro Gouveia.

A Base Nacional Comum Curricular (BNCC) é um documento que congregará o conteúdo fundamental a ser ensinado nas quatro áreas de conhecimento da Educação Básica: Matemática, Linguagens, Ciências da Natureza e Ciências Humanas. Seu processo de construção está em andamento e é coletivo, contando com a colaboração de todos os envolvidos no processo educacional.Quando concluído, o documento subsidiará a construção do currículo de mais de 190 mil escolas públicas e particulares em todo o Brasil.

O anúncio do seminário ocorreu durante reunião, ocorrida na sexta-feira (9), entre a comissão que coordena os estudos na BNCC (instituída via Diário Oficial no último dia 6) e a secretária em exercício da Educação, Laura Souza. O seminário é aberto para participação de todos os atores envolvidos no processo educacional – instituições, conselhos, fóruns, sindicatos – e demais interessados em participar da discussão.

Em Maceió, estarão representantes da capital e dos município que compõem as Geres de Viçosa (4ª), União dos Palmares (7ª), Porto Calvo (10ª) e Rio Largo (12ª), enquanto que Arapiraca recebe habitantes de Arapiraca (5ª Gere), Palmeira dos Índios (3ª), Penedo (9ª) e São Miguel dos Campos. Por fim, Delmiro Gouveia reúne todos os municípios sertanejos englobados pela 6ª (Santana do Ipanema), 8ª (Pão de Açúcar) e 11ª (Piranhas) gerências regionais.

“Neste evento, discutiremos o projeto de construção da Base Nacional, por meio da divulgação do documento preliminar proposto pelo Ministério da Educação, reunindo conteúdos da Educação Infantil ao Ensino Médio nas quatro áreas de conhecimento”, explicou a secretária Laura Souza.

Contribuição

Qualquer cidadão brasileiro pode contribuir para a elaboração da BNCC e apresentar sua proposta para o currículo da Educação Básica no site basenacionalcomum.mec.gov.br. O sistema está aberto para contribuições até o dia 15 de dezembro.

Em Alagoas, a Seduc, responsável pela mobilização estadual para a construção da BNCC, tem até o dia 15 de fevereiro de 2016 para sistematizar e reunir as propostas alagoanas ao documento e enviá-las para o Ministério da Educação.

Paralelamente, a entidade promove os estudos internos acerca da BNCC, processo conduzido pela sua Supervisão das Práticas Pedagógicas e Organização do Currículos (SPOC).O grupo se encontra uma vez por semana no Centro Educacional de Pesquisa Aplicada (Cepa).

Lançamento

O lançamento da BNCC ocorreu em Brasília no dia 26 de setembro e, na ocasião, o Governo de Alagoas foi representado pela secretária Laura Souza. No mesmo mês, no dia 25, os técnicos da Seduc Daniel Marinho e Ricardo Lisboa participaram da apresentação da ferramenta virtual que hospeda os textos preliminares da BNCC.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados