Alagoas confirma primeiros casos de “Flurona”, infecção dupla de Covid-19 e Influenza

Os novos casos foram divulgados pela Sesau no inicio da tarde desta quarta-feira (5)

Alagoas confirma primeiros casos de “Flurona”, infecção dupla de Covid-19 e Influenza

Os novos casos foram divulgados pela Sesau no inicio da tarde desta quarta-feira (5)

Por Beatriz Rodrigues | Edição do dia 5 de janeiro de 2022
Categoria: Alagoas, Saúde | Tags: ,,,,,


A Secretaria de Estado da Saúde (Sesau) divulgou na tarde desta quarta-feira (5) os primeiros casos da dupla infecção de Covid-19 e Influenza em Alagoas. O nome dessa combinação ganhou o nome de “Flurona”, junção do prefixo “Flu’ que significa gripe, com o “rona”, de “Coroanvírus”, o termo já é utilizado pela comunidade médica. Não foi informado mais informações sobre os infectados.

A infecção duplicada é algo recente no nosso país, pelo menos sete estados do Brasil já confirmaram casos da Flurona, entre eles: Ceará, Rio Grande do Norte, Mato Grosso do Sul, Rio de Janeiro, São Paulo, Bahia e Mato Grosso. Segundo informações de especialistas, os cuidados devem ser mantidos para evitar o contágio. A vacina ainda é o melhor jeito de barrar o avanço das doenças.

Mortes por gripe

Ainda na tarde de hoje, o secretário de estado da Saúde, Alexandre Ayres, convocou uma reunião de emergência com técnicos da Sesau, e também confirmou que há casos de mortes causadas pela gripe em Alagoas.

Vacinação contra Covid-19

Apesar da grande campanha de vacinação, ainda há faltantes. Segundo fontes da Sesau Alagoas tem apenas 54,1% da população vacinada com as duas doses, ficando atrás apenas do Amazonas (52,3%), Tocantins (51,9%), Maranhão (50,3%), Acre (47,7%), Roraima (39,7%) e Amapá (39,1%). Já os vacinados com ao menos uma dose em Alagoas somavam 71,4% da população, o que deixou Alagoas também na 7º posição.

Vacinação contra a Influenza

Ainda segundo a pasta, Alagoas já solicitou ao Ministério da Saúde (MS) um lote com novas doses de vacinas contra a Influenza que seria para retomar a vacinação para todos os públicos e está no aguardo dos imunizantes.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados