Alagoas começa a aplicar dose de reforço para adultos e 4ª dose para imunossuprimidos nesta segunda (20)

População deve procurar postos de vacinação de cada município alagoano

Alagoas começa a aplicar dose de reforço para adultos e 4ª dose para imunossuprimidos nesta segunda (20)

População deve procurar postos de vacinação de cada município alagoano

Por Redação* | Edição do dia 20 de dezembro de 2021
Categoria: Saúde | Tags: ,,


Aplicação das doses começou nesta segunda-feira (20). Foto: Carla Cleto

Seguindo a recomendação do Ministério da Saúde (MS) de reduzir de cinco para quatro meses o intervalo para a dose de reforço da vacina contra a Covid-19, Alagoas começou a aplicar as doses nesta segunda-feira (20), nos postos de vacinação dos municípios alagoanos.

De acordo com a nota técnica do Ministério da Saúde, podem tomar a dose de reforço pessoas maiores de 18 anos que receberam a última dose do esquema vacinal (segunda dose), independente do imunizante aplicado, e todos os indivíduos imunocomprometidos acima de 18 anos de idade que receberam três doses no esquema primário (duas doses e uma dose adicional). Ou seja, pacientes imunossuprimidos receberão uma quarta dose.

A nota ainda informa que a vacina utilizada será, preferencialmente, da plataforma de RNA mensageiro (Comirnaty/Pfizer) ou, de maneira alternativa, vacina de vetor viral (Janssen ou AstraZeneca). Já as pessoas que receberam a vacina Janssen e têm 18 anos ou mais devem receber uma dose de reforço pelo menos 2 meses após receber o esquema primário de vacinação com uma dose.

São considerados imunossuprimidos os portadores de imunodeficiência primária grave; quem está fazendo quimioterapia para câncer; transplantados de órgão sólido ou de células tronco hematopoiéticas (TCTH); pacientes em uso de drogas imunossupressoras e pessoas vivendo com HIV/AIDS, além de pacientes em uso de corticóides em doses iguais ou maiores que 20 mg/dia de prednisona, ou equivalente, por 14 dias ou mais; pessoas que usam drogas modificadoras da resposta imune (o Ministério da Saúde divulga uma tabela com essas medicações); pacientes com condições autoinflamatórias e doenças intestinais inflamatórias; pacientes em hemodiálise e pacientes com doenças imunomediadas inflamatórias crônicas.

De acordo com o secretário de Estado da Saúde, Alexandre Ayres, as doses já começaram a ser distribuídas para os municípios e é de fundamental importância que todos completem seus esquemas vacinais. “Vamos começar a cumprir aqui em Alagoas distribuindo as doses para os municípios. Uma outra situação é em relação as crianças: a Anvisa já aprovou, mas o Ministério da Saúde ainda não comprou essas vacinas. São vacinas diferenciadas, então, Alagoas está pronta aguardando essas vacinas para iniciarmos a vacinação das crianças que serão vacinadas com Pfizer”, explicou.

*Com assessoria

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados