Agentes penitenciários suspendem visitas neste final de semana

Polícia Civil também ameaça paralisar atividades; assembleia decisiva será na tarde desta quinta-feira

Agentes penitenciários suspendem visitas neste final de semana

Polícia Civil também ameaça paralisar atividades; assembleia decisiva será na tarde desta quinta-feira

Por | Edição do dia 29 de setembro de 2016
Categoria: Blog, Notícias, Polícia | Tags: ,,,,


 

Os agentes penitenciários de Alagoas decidiram suspender as atividades por 48h devido ao não pagamento da Bolsa Qualificação, acertado em acordo. A paralisação vale para o sábado (1º) e domingo (2), com suspensão de visitas durante o fim de semana.

“Queremos lamentar o adiamento do pagamento desta bolsa, que seria para setembro e depois foi dito que será para outubro sob a justificativa de que não daria para vencer a burocracia antes disso”, diz trecho da nota publicada na rede social do Sindicato dos Agentes Penitenciários (Sindapen/AL). O pagamento estava previsto para ser realizado este mês, mas só deve ser feito no final de outubro.

Os servidores também reivindicam o corte nos recursos de periculosidade, que diminuíram de R$ 1000 para R$ 700. “Entendemos como quebra de acordo da última greve, pois recebemos esta gratificação de 40% do salário o valor de R$998 de periculosidade atualmente, e com o projeto vai reduzir para R$708, fixando este valor”, salienta nota do Sindapen.

A carência de concurso público para agente penitenciário é outro fator que preocupa os servidores. Ao todo, são 635 funcionários para 3777 detentos.

Estado de greve

Enquanto isso, a Polícia Civil discute em assembleia geral extraordinária nesta quinta-feira (29), o indicativo de greve.

Na assembleia geral, o Sindicato dos Policiais Civis de Alagoas (Sindpol) informará o andamento das negociações para que a categoria possa decidir sobre a pauta da assembleia, que trata da mobilização e das reivindicações.

Na reunião de negociação com o Governo do Estado, realizada na quarta-feira (28), o secretário de Planejamento e Gestão, Christian Teixeira, disse aos diretores do Sindpol que o Governo estuda outros parâmetros de piso salarial para os policiais civis. De acordo com ele, a contraproposta da categoria de piso salarial da categoria de R$ 5.500,00 em duas vezes é inviável.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados