Agência de notícias alagoana é selecionada para projeto de startups da Google

A iniciativa foi a única selecionada da região Nordeste

Agência de notícias alagoana é selecionada para projeto de startups da Google

A iniciativa foi a única selecionada da região Nordeste

Por João Henrique - Estagiário* | Edição do dia 8 de novembro de 2020
Categoria: Alagoas, Notícias | Tags: ,,,,,,


Jornalistas da Agência Tatu. Géssika Costa, Graziela França, Lucas Maia e Lucas Thaynan. Foto: Cortesia

Uma agência de notícias alagoana foi selecionada para integrar um programa da iniciativa Google Notícias. Inédito no Brasil, o Startup Lab, oferece um auxílio para os empreendedores comprometidos com o jornalismo de qualidade. Alagoana, a Agência Tatu de Jornalismo de Dados foi um dos dez projetos aprovados para integrar o programa e foi a única empresa da região Nordeste a ser selecionada.

Durante a seleção, diversos fatores foram analisados por uma equipe de avaliadores de iniciativas do Google, como o Google for Startups, Echos e Insper, por exemplo. Para a avaliação, os critérios envolviam a adequação do produto às necessidades do mercado, a qualificação da equipe, contribuição para a diversidade e outros.  As startups selecionadas poderão receber até US$ 20 mil em financiamento e terão acesso a mentoria, com direito a diversos treinamentos que poderão auxiliar os projetos.

O Jornalismo de Dados é uma área muito ampla e complexa, mas apresenta um grande valor à sociedade, já que, mesmo com o acesso a informação, os dados são passados de forma bruta e a simplificação dessas informações se torna necessária. Para uma das fundadoras da Agência Tatu, a jornalista Graziela França, o reconhecimento dessa seleção mostra que o trabalho realizado pela empresa é muito importante.

“A Tatu é um veículo orgulhosamente nordestino e vem trabalhando para que o público tenha acesso a dados de forma descomplicada e interessante, seja por meio de conteúdo jornalístico ou outras soluções. “

Ainda de acordo com Graziela, a expectativa da equipe com a seleção da Google são as mais positivas possíveis.

“Essa seleção mostra o nosso potencial e também nos ajudará a buscar a sustentabilidade financeira, já que somos um veículo independente. Além disso, permite que a agência fique conhecida e mostre que Alagoas e o Nordeste também merecem ter uma cobertura jornalística na área de dados como os grandes centros e que nós, jornalistas nordestinos, somos capazes e os profissionais mais adequados para isso. “

A Agência Tatu

A Agência Tatu de Jornalismo de Dados foi lançada nos primeiros meses de 2017 por três estudantes de Jornalismo da Universidade Federal de Alagoas (Ufal). O veículo surgiu como uma experiência laboratorial para a apresentação do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) dos estudantes, que desejaram tornar o projeto uma realidade.

Quando a agência foi fundada, deixou de ser um projeto laboratorial e passou a ser um veículo de mídia independente em Alagoas. Focada no Jornalismo de Dados, a Tatu passou a ser a pioneira nessa área na região nordeste e uma das poucas iniciativas desse meio em todo o país.

Além da checagem de dados, a agência também se especializou em conteúdos regionais, buscando trazer o que o público alagoano tem interesse. Produtos e serviços também passaram a ser desenvolvidos pela Tatu, como o app Abastece Maceió, um aplicativo gratuito que permite saber onde tem combustível mais barato na capital alagoana. E uma solução encontrada à sociedade, que foi o aplicativo Onde tem álcool em gel que, no início da pandemia, ajudou os maceioenses a saberem quais os lugares que ainda contavam com estoque do produto necessário para higienização.

Equipe

Na fundação da Agência, eram três integrantes, Graziela França, Lucas Thaynan e Micaelle Morais. Hoje, a equipe conta com os diretores Graziela França, Lucas Thaynan e Lucas Maia; a coordenadora de multiplataforma Géssika Costa, e a estagiária Maria Luiza Ávila.

 

*Sob supervisão da coordenação do site.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados