Adolescente é executado com vários tiros na cabeça no bairro Ouro Preto

Neste domingo, 8, a Polícia Militar registrou três homicídios com arma de fogo em Alagoas

Adolescente é executado com vários tiros na cabeça no bairro Ouro Preto

Neste domingo, 8, a Polícia Militar registrou três homicídios com arma de fogo em Alagoas

Por Redação | Edição do dia 9 de novembro de 2020
Categoria: Notícias, Polícia | Tags: ,,,,


Foto: Reprodução

Um jovem de 19 anos foi morto com vários tiros na cabeça neste domingo, 8, no bairro Ouro Preto, em Maceió. A autoria e a motivação do crime ainda são desconhecidas. Além desse homicídio, mais dois envolvendo arma de fogo foram registrados em Alagoas pela Polícia Militar neste domingo.

De acordo com o relatório do Centro Integrado de Operações de Segurança Pública (Ciosp), a vítima de 19 anos foi identificada como Emerson Mota Siqueira. O corpo foi encontrado após o 1º Batalhão de Polícia Militar (BPM) ser acionado para averiguar uma denúncia de homicídio na localidade conhecida como Grota beira Rua. Quando a equipe chegou ao local, constatou o fato.

No mesmo dia, mas no conjunto Village Campestre II, no bairro Cidade Universitária, o corpo de um jovem de 24 anos também foi encontrado. A vítima foi identificada como Leandro da Silva Soares e foi atingida por três tiros, sendo dois na região das costas e um na cabeça. Segundo informações, dois homens em uma motocicleta cor preta chegaram ao local e o garupa desceu da moto para disparar contra a vítima. Em seguida, ambos fugira e tomaram destino ignorado. Ainda não há informações sobre quem seriam os autores do crime e por qual motivo o crime ocorreu.

E o terceiro homicídio registrado com arma de fogo ocorreu no povoado Balanças, em Girau do Ponciano. Segundo informações de testemunhas, um veículo com quatro indivíduos chegou na residência da vítima e, em seguida, tiros foram disparados. Posteriormente, os indivíduos fugiram do local tomando destino ignorado.

Nos três casos estiveram presentes nos locais policiais militares, civis e peritos do Instituto Médico Legal (IML) e do Instituto de Criminalística (IC).

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados