Acusado de matar a esposa é condenado a 16 anos de prisão

Vítima foi espancada e morta a facadas; júri popular ocorreu no Fórum da Capital

Acusado de matar a esposa é condenado a 16 anos de prisão

Vítima foi espancada e morta a facadas; júri popular ocorreu no Fórum da Capital

Por Assessoria | Edição do dia 3 de novembro de 2021
Categoria: Alagoas, Justiça, Maceió | Tags: ,,


O Conselho de Sentença do 2º Tribunal do Júri de Maceió condenou José Mizael Lima de Melo a 16 anos e seis meses de reclusão pelo feminicídio praticado contra a esposa, Jaqueline Silva de Oliveira, em 2018. A pena deverá ser cumprida em regime inicialmente fechado.

Os jurados reconheceram a autoria do crime e negaram a absolvição do réu. O júri popular, conduzido pela juíza Luana Cavalcante de Freitas, ocorreu no último dia 26, no Fórum da Capital.

Sessão do júri foi realizada no dia 26 de outubro, no Fórum de Maceió. (Arte: Clara Almeida)

De acordo com a magistrada, José Mizael agiu com frieza emocional e extrema violência, “haja vista que, antes de ceifar a vida da vítima, o réu a espancou e, após vê-la caída ao solo, agiu de modo a levá-la à morte, com diversas facadas”.

A juíza afirmou na sentença que a comoção causada pelo crime foi grande na comunidade onde a vítima vivia. “Os familiares da vítima sofreram abalo imensurável”, disse a magistrada. O crime ocorreu em 25 de outubro de 2018, no bairro Jacintinho, em Maceió. Segundo relatos de testemunhas, que constam na denúncia, as discussões entre réu e vítima eram constantes.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados