Acusado de homicídio será julgado na Maurício de Nassau, hoje

Alan Kardec dos Santos será julgado pelo crime que vitimou Jamerson Thiago, em janeiro de 2013, no bairro Cidade Universitária, parte alta de Maceió

Por | Edição do dia 21 de outubro de 2015
Categoria: Artigos, Notícias, Polícia


24cd363e813830f338520ef4d8931a18

Ilustração

Acadêmicos do curso de Direito da Faculdade Maurício de Nassau terão a oportunidade de acompanhar, a partir das 8h30 desta quarta-feira (21), no auditório da instituição de ensino, na Ponta Verde, o julgamento popular do réu Alan Kardec dos Santos, o “Chacal”, acusado de assassinar Jamerson Thiago, em 2013, no bairro Cidade Universitária, parte alta de Maceió.

A sessão, presidida pelo juiz John Silas da Silva, titular da 8ª Vara Criminal da Capital, será realizada nas dependências da unidade de ensino e tem como objetivo facilitar a compreensão dos alunos sobre o funcionamento de um júri popular.

“Na oportunidade, os estudantes entenderão melhor todas as etapas que envolvem um julgamento em tribunal do júri, tais como o sorteio dos jurados, a instrução processual, o debate entre defesa e promotoria, entre outros”, explicou o magistrado John Silas.

Entenda o Caso

De acordo com a denúncia do Ministério Público de Alagoas (MP/AL), o crime ocorreu no dia 24 de janeiro de 2013, quando Jamerson Thiago de Oliveira Santos seguia em sua motocicleta, no bairro Cidade Universitária, e foi seguido pelo acusado Alan Kardec dos Santos Silva, vulgo “Chacal”, que se encontrava em uma outra moto com um menor.

Ao se aproximar do veículo conduzido pela vítima, o réu desferiu vários disparos de arma de fogo contra a sua cabeça. Jamerson não resistiu aos ferimentos e morreu no local. O órgão ministerial pede que o acusado seja condenado por homicídio com a qualificadora do recurso que impossibilitou a defesa da vítima.

O acusado nega participação na autoria do crime. Ainda segundo o depoimento de uma testemunha, Alan Kardec, que está preso desde o dia 14 de janeiro de 2013, fazia parte de uma quadrilha que dominava o Conjunto Denisson Menezes, no Tabuleiro do Martins.

A expectativa é que a decisão do Conselho de Sentença seja proferida por volta das 17 horas.

Matéria referente ao processo nº 0705154-70.2013.8.02.0001

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados