Acidente expõe sucateamento na frota de ônibus da Veleiro

Usuários reclamam da falta de qualidade no serviço ofertado pela empresa

Acidente expõe sucateamento na frota de ônibus da Veleiro

Usuários reclamam da falta de qualidade no serviço ofertado pela empresa

Por Redação | Edição do dia 23 de setembro de 2021
Categoria: Alagoas | Tags: ,,,


Mais um acidente envolvendo um ônibus da empresa Veleiro aconteceu nesta quinta-feira (23), na Ladeira dos Martírios, em Maceió. Segundo o motorista, o veículo, que fazia o percurso Rio Largo/Centro e estava lotado, apresentou problemas no freio e chegou a atingir três veículos.

Empresa recebe reclamações de usuários. Foto: Reprodução

A Veleiro presta serviços para as cidades de Maceió e Rio Largo e esta não é a primeira vez que um acidente envolvendo ônibus da empresa acontece. Em janeiro, um veículo caiu numa ribanceira, na Região Metropolitana de Maceió. O motorista afirmou que houve uma pane no sistema, perdeu o controle do coletivo e precisou se jogar pela janela para evitar ferimentos graves.

Muitos usuários reclamam das atividades da empresa. O Caio, de 22 anos, é um desses. Ele utiliza a linha Cruzeiro do Sul/Centro para se deslocar para o trabalho durante a semana e conta que o serviço ofertado pela empresa não é bom e que os ônibus quebram com muita frequência.

“Cada dia uma nova surpresa e, geralmente, negativa. A qualidade do transporte é bem inferior a outras linhas no estado. Além disso, o tempo de espera nos pontos é muito grande. Acredito que todo passageiro que precisa da Veleiro já foi deixado na mão com algum ônibus quebrado durante o caminho”.

Ele afirmou que já chegou atrasado no trabalho diversas vezes e que precisou conversar com os gestores para evitar maiores problemas, como advertência ou até mesmo a perda do emprego. Além desse problema, Caio César disse ainda que a frota é pequena e isso ocasiona superlotação. “Geralmente é muito cheio. A demanda de passageiros é bem superior à oferta dos ônibus”, disse ele, ao O Dia Mais.

Procurada pela reportagem, a Agência Reguladora de Serviços Públicos de Alagoas (Arsal), responsável pela regulamentação da frota de ônibus em Maceió e Rio Largo, disse que “todos os veículos do sistema são vistoriados por empresas homologadas pelo Inmetro e este de hoje [envolvido no acidente] está com vistoria em dia”.

Por meio de nota, a Veleiro informou que após o acidente, na Ladeira dos Martírios, em Maceió, foi realizada uma perícia no veículo.

Confira a nota na íntegra:

A empresa vem através desta nota informar que foi realizada perícia no veículo e foi detectado que o freio está correspondendo normalmente aos comandos do motorista. No mais, a empresa tomará as medidas cabíveis.

Os funcionários da empresa estão em greve há duas semanas em razão da falta de pagamento de salários. A Veleiro será notificada por causa da falta de qualidade dos serviços ofertados e precisa apresentar defesa num prazo de 15 dias para evitar a perda da concessão para atuar no transporte público de Maceió.

Deputado se posiciona

O Deputado Estadual Cabo Bebeto afirmou que recebe reclamações diárias de usuários dos ônibus da Veleiro que residem na cidade de Rio Largo. Os moradores da região não aprovam os serviços ofertados pela empresa e dizem enfrentar dificuldades para utilizar os ônibus.

O parlamentar decidiu, então, cobrar ao Judiciário por uma intervenção para solucionar os problemas ocasionados pela falta de qualidade do transporte público.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados