Ação conjunta prende homem que abusou de enteada de 9 anos

O abuso foi flagrado pela mãe da criança

Ação conjunta prende homem que abusou de enteada de 9 anos

O abuso foi flagrado pela mãe da criança

Por Assessoria | Edição do dia 21 de abril de 2020
Categoria: Notícias, Polícia | Tags: ,,


Foto: Reprodução

Uma operação conjunta deflagrada pelas polícias Civil e Militar, nesta segunda-feira (20), prendeu um homem de 37 anos acusado de abusar da enteada de apenas 9 anos de idade. O crime foi praticado na residência da vítima, situada no bairro da Ponta da Terra, em Maceió, no domingo (19). O abuso foi flagrado pela mãe da criança.

A ação que levou a prisão do suspeito contou com policiais civis da Divisão Especial de Investigação e Capturas (Deic), do Grupo de Investigação da Delegacia Geral (GIDG) e policiais militares do Serviço de Inteligência do 4º BPM, sob a coordenação do delegado Gustavo Henrique.

“De acordo com a mãe, que convivia com o infrator há cerca de três anos, ela presenciou o acusado com o órgão genital na boca da criança. Ato continuo a criança saiu correndo, tendo a mãe a acompanhado para verificar a genitália, contatando que estava machucada, tendo a criança relatado à mãe que aquilo já tinha acontecido outras vezes. Diante do fato a mãe exigiu que o infrator se retirasse da residência, porém, como ele se recusou ela saiu de casa com as filhas e pediu ajuda”, relatou o delegado Gustavo Henrique.

A polícia foi acionada, chegou na casa, mas ele havia se evadido. O delegado disse ainda que a partir deste momento os agentes montaram uma força tarefa e após cerca de 45 horas de diligências ininterruptas, conseguiram efetuar a prisão do infrator na casa de familiares, no bairro do Pontal da Barra, na Capital alagoana.

A Polícia também tentou prendê-lo na casa de parentes em Rio Largo, mas ele não estava mais. “Destaco também a importância de a segurança pública dar uma resposta rápida e eficiente a um crime tão horrendo como esse, e enalteço o trabalho integrado das forças de segurança de Alagoas, conforme determinação do secretário Lima Júnior e do delegado-geral Paulo Cerqueira”, concluiu o delegado Gustavo Henrique.

Após a prisão o homem foi conduzido para a sede da Deic e autuado em flagrante pelo crime de estupro de vulnerável, após procedimento presidido pelo delegado José Carlos.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados