Abertos canais para denunciar descumprimento do decreto contra o covid-19

Os alagoanos poderão contribuir com denúncias pelo 190 e 181 e, em Maceió, 3312-5277 também está disponível

Abertos canais para denunciar descumprimento do decreto contra o covid-19

Os alagoanos poderão contribuir com denúncias pelo 190 e 181 e, em Maceió, 3312-5277 também está disponível

Por | Edição do dia 21 de março de 2020
Categoria: Coronavírus | Tags: ,,,


Força-Tarefa-1024x768

Foto: Ascom Semscs

Para que o decreto estadual de suspensão de serviços por dez dias seja respeitado, canais de denúncia foram divulgados para que a população possa contribuir com o período de quarentena, que requer que as pessoas fiquem o máximo de tempo possível em casa, para que o novo coronavírus (covid-19) não se espalhe.

A Prefeitura de Maceió instituiu um plantão operacional para atender à população de Maceió quanto a denúncias referentes ao descumprimento dos Decretos municipais e estaduais. O serviço vai funcionar como uma força tarefa integrada, na qual Prefeitura e Estado vão disponibilizar em torno de 40 profissionais e 12 viaturas para trabalharem no atendimento e fiscalização durante o período de vigência dos Decretos.

O atendimento será exclusivamente por meio de ligações telefônicas para o número 3312-5277, das 8 horas às 22 horas, todos os dias da semana, incluindo feriados e finais de semana e já começa a funcionar a partir deste sábado (21).

Participam da força integrada: a Secretaria Municipal de Segurança Comunitária e Convívio Social (Semscs) – com a Fiscalização de Posturas e a Guarda Municipal; a Secretaria Municipal de saúde (SMS) – com a Vigilância Sanitária; e a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT). A Polícia Militar de Alagoas e o Corpo de Bombeiros também vão integrar a equipe.

Alagoas

Também estão disponíveis os números da Polícia Militar (190 e 181) durante 24 horas, para todo o território alagoano.

O secretário de Segurança Pública, Lima Júnior, explicou que o número 190 é indicado para que as pessoas o utilizem em situações de flagrante, como, por exemplo, um estabelecimento comercial não listado na portaria como serviço essencial e que está atendendo o público normalmente. Já o Disque Denúncia (181) é mais indicado para receber denúncias de ações que foram divulgadas para ocorrer, como um show.

Decreto suspende serviços

Na sexta-feira (20), o Governo de Alagoas decretou situação de emergência no estado e intensificou as medidas de contenção e enfrentamento ao coronavírus. O texto com as novas medidas está disponível no Diário Oficial do Estado.

Todas as pessoas que estiverem com sintomas de gripe deverão ficar em casa durante 14 dias. As medidas estabelecem ainda o fechamento, por 10 dias, de bares, restaurantes, lanchonetes e estabelecimentos comerciais similares.

Não serão afetados pelo decreto os órgãos de imprensa e meios de comunicação e telecomunicações, estabelecimentos médicos, odontológicos para emergências, hospitalares, laboratórios de análises clínicas, farmacêuticos, psicológicos, clínicas de fisioterapia e de vacinação; distribuidoras e revendedoras de água e gás, distribuidores de energia elétrica, serviços de telecomunicações, segurança privada, postos de combustíveis, funerárias, estabelecimentos bancários, lotéricas, padarias, clínicas veterinárias, lojas de produtos para animais, lavanderias, oficinas mecânicas e supermercados/congêneres.

 

*Atualização às 15h17 de 21 de março de 2020.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados