98 mortos e mais 164 contaminados em Alagoas pelo Covid-19

98 mortos e mais 164 contaminados em Alagoas pelo Covid-19

Por Ariel Cipola com Assessoria | Edição do dia 7 de maio de 2020
Categoria: Coronavírus


98 mortos e mais 164 contaminados pelo Covid-19 em Alagoas. Agora já são 1.867 casos confirmados, em 24h testaram positivo mais 164 alagoanos e a taxa de letalidade é de 5,2% no estado. Os números foram divulgados durante a coletiva virtual de hoje (7) da Secretaria Estadual de Saúde.

 

O secretário Alexandre Ayres afirmou durante a coletiva que a tendência é de que os números em Alagoas aumentem ainda mais na próxima semana, e voltou a dizer que o lockdown não está descartado em Alagoas. “A tendência é que haja um crescimento ainda mais acelerado nas próximas semanas, e infelizmente o lockdown não está descartado, mas volto a repetir quem vai determinar é a própria população, caso não respeitem o novo decreto seremos obrigados –a determinar lockdown – para proteger nosso bem maior que é a vida”, disse Ayres
A Secretaria Estadual de Saúde passará a divulgar o número de pacientes diagnosticados pelo Covid-19 por bairro, segundo o Secretário os bairros que estão com maior incidência de contaminação estão na parte baixa de Maceió. Jatiúca com 88 casos, Ponta Verde e Ponta da Terra com 82 lideram os números de testes positivos para o novo coronavírus.

Ao ser questionado sobre a fiscalização nos municípios o secretário Alexandre Ayres pontuou que a fiscalização não é apenas papel do estado por se tratar de um bem comum. “O estado não tem como fazer o trabalho de fiscalização sozinho, repito que todos temos que nos fiscalizar, pois é para um bem maior, quero aproveitar para agradecer a Prefeitura de Maceió, em especial a Guarda Municipal, que estão auxiliando a Polícia Militar, a quem eu também presto meus agradecimentos”, destacou Ayres.

Uma das vítimas fatais de hoje (7), foi uma jovem de 28 anos que faleceu no Hospital Veredas, segundo a Secretaria Estadual de Saúde ela não tinha comorbidade. Alexandre Ayres chamou a atenção mais uma vez da população dizendo que o Covid-19 não escolhe classe social, cor, raça, gênero, muito menos a idade. “Em Alagoas e no mundo todo infelizmente já perdemos crianças, jovens, adultos e idosos, até mulheres grávidas estão se contaminando e já chegaram a óbito, portanto, não brinquem”, alertou Ayres.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados