500kg de de alimentos impróprios são tirados de circulação pela Vigilância Sanitária

Em 2021, o órgão recolheu 80 toneladas de produtos inadequados para consumo

500kg de de alimentos impróprios são tirados de circulação pela Vigilância Sanitária

Em 2021, o órgão recolheu 80 toneladas de produtos inadequados para consumo

Por Assessoria | Edição do dia 20 de dezembro de 2021
Categoria: Maceió | Tags: ,,,,


A Vigilância Sanitária de Maceió segue com as fiscalizações rotineiras pela capital alagoana. Em mais uma operação realizada durante o final de semana – sábado (18) e domingo (19) – e na manhã desta segunda-feira (20), os fiscais retiraram de circulação 500kg de produtos perecíveis impróprios para o consumo humano. As ações aconteceram em supermercados, frigoríficos e pizzarias nas partes alta e baixa da cidade.

Em conjunto com a Secretaria Municipal de Segurança Comunitária e Convívio Social (Semscs), os profissionais da Vigilância apreenderam diversos alimentos fora do prazo de validade e encontraram estabelecimentos com equipamentos em mau estado de conservação, viabilizando um alto risco sanitário para os consumidores dos locais.

Vigilância Sanitária e Semscs atuaram em conjunto durante as fiscalizações. Foto: Visa Maceió

“Nesta ação de fiscalização recolhemos mais alimentos estragados, entre eles carne bovina e suína, frango, queijo e linguiça. A Vigilância Sanitária está percorrendo os bairros da capital para realizar fiscalizações e orientações educativas aos comerciantes. Apesar das ações rotineiras do órgão, ainda é possível encontrarmos estabelecimentos que, infelizmente, não cumprem com as exigências sanitárias”, comentou Airton Santos, coordenador geral da Vigilância Sanitária de Maceió.

Airton Santos, coordenador geral da Vigilância Sanitária de Maceió. Foto: Visa Maceió

Em 2021, a Vigilância Sanitária realizou diversas fiscalizações em Maceió. Do mês de janeiro até dezembro, o órgão retirou de circulação 80.000kg de alimentos impróprios. Entre os principais produtos estragados estão carne bovina, suína e de frango; calabresa, salsicha, queijo, presunto, carne de sol e charque.

Durante a ação do final de semana e desta segunda (20), os proprietários dos estabelecimentos receberam notificação e auto de infração. A mercadoria apreendida foi direcionada ao aterro sanitário para o descarte.

Disque Denúncia

Para denunciar irregularidades observadas em estabelecimentos fora das adequações sanitárias e que causam riscos à saúde da população, é possível entrar em contato no telefone 3312-5495, de segunda a sexta-feira, das 7h às 13h, ou pelo WhatsApp (82) 98705-0730, que funciona 24h, todos os dias.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados