26° Mundaú Lagoa Aberta faz homenagem ao mês das Crianças

A programação segue firme e forte com diversas ações

26° Mundaú Lagoa Aberta faz homenagem ao mês das Crianças

A programação segue firme e forte com diversas ações

Por Assessoria | Edição do dia 13 de outubro de 2021
Categoria: Maceió | Tags: ,,,


Foto: Reprodução

A 26° edição do projeto Mundaú Lagoa Aberta, que foi contemplada no Prêmio de Produção Dinho Oliveira, da Secretaria de Estado da Cultural de Alagoas (Secult), com o incentivo financeiro da Lei Aldir Blanc de Emergência Cultural de apoio à cultura, continua a pleno vapor, com diversas atividades que já aconteceram e muitas outras que ainda vão acontecer.

A festa teve início na manhã do dia 03 com uma homenagem ao Mês das Crianças no Monumento ao Milênio. Com uma programação mais interna, aconteceu a o Planejamento do Movimento dos Povos das Lagoas, com o objetivo, entre outros, de promover o encontro do núcleo de produção e comunicação que é responsável pelo Movimento.
No último dia 07, foi o dia de trazer a magia do teatro para as crianças que são assistidas pelo Quintal Cultural, com um passeio cultural que terminou no centenário palco oficial de Alagoas, o Teatro Deodoro. O passeio teve início com um trajeto a pé partindo da sede do Quintal Cultural, no Bom Parto, em direção ao Teatro Deodoro, no centro da cidade.

No caminho algumas paradas em frente a prédios e monumentos históricos. O primeiro deles foi o Museu Palácio Floriano Peixoto, na Praça dos Martírios, seguindo em direção ao calçadão do comércio, fazendo uma parada em frente à popular Igreja do Livramento, no coração do Centro e a poucos metros do destino final do passeio, tudo registrado por fotos.

Por fim, a chegada à histórica Praça Deodoro foi marcada por mais uma pausa e mais um registro antes de adentrar ao teatro. Uma experiência que deve ficar marcada na memória das crianças que estiveram presentes, muitas das quais que nunca haviam visitado o teatro.

No Teatro Deodoro, as crianças foram brindadas com um espetáculo produzido pela Coxiar Produções, o clássico infantil Peter Pan. Ao todo foram disponibilizados 32 ingressos pela Coxiar Produções para crianças e adultos do Instituto Quintal Cultural, em articulação feita com o Instituto para o Desenvolvimento das Alagoas – IDEAL.
Peter Pan é um dos mais famosos livros de literatura infantil no mundo e a atividade aconteceu como ação vinculada ao Movimento dos Povos das Lagoas, como parte da programação do 26° Mundaú Lagoa Aberta na edição do mês das crianças. “As crianças do Quintal Cultural eram as mais educadas de todo o Teatro, sempre atentas e curiosas. Eu nunca canso de me surpreender do potencial incrível que esse projeto social tem”, destaca Isadora Padilha, presidente do IDEAL.

“Nossos agradecimentos ao coordenador do projeto ‘Cidadania Lagunar’, Luiz Rios, a Antônio Severino, um dos membros fundadores do Quintal Cultural, a Pierre D`Almeida, professor de Teatro, a Izaias Chico (colaborador do Quintal). Agradecimentos também a Isadora Padilha, que articulou esse passeio através da parceria com o Movimento dos Povos das Lagoas, a Keka Rabelo (relações públicas), a Quitéria Dias, (curadora do Quintal Cultural). Pra quem não sabe como a gente faz, nós vamos a pé com a criançada até o Teatro Deodoro, passando pelo Centro, visitando museus e aprendendo a conviver em grupo. Já fizemos isso muitas vezes, para o Luis e o Pierre acho que foi a primeira. Fazia tempo que não fazíamos isso, foi bom demais,” Rogério Dyaz membro fundador do Quintal Cultural e presidente da CUFA Alagoas.

Seguindo a programação do Mundaú Lagoa Aberta, o Cine Mundaú volta a suas atividades na baixada lagunar. A ideia é promover uma atividade lúdica em parceria com o Movimento dos Povos das Lagoas além do Projeto Erê, Espaço Arteiro, Waterlution, Instituto EcoManguaba e organizações amigas do Meio Ambiente e do Audiovisual Alagoano. O Projeto/ Acao contará com a Curadoria do Cineclubista Alonso Calheiros Netto e do ArteEducador Davi Chicuta, com participações de lideranças da comunidade na roda de bate papo.

Serão diversos encontros, veja a programação completa:

Dia 13 – Quarta-feira. Yorubás
Manhã.
Local: Canta Sabiá
Brincadeira dirigidas – formação étnico raciais
Tarde.
Local: Canta Sabiá
Brincadeira dirigidas – formação étnico raciais
Local: Espaço Arteiro
Cine Mundau – Filme: Kiruku e a Feiticeira – Turma Yorubá e Arteiros

Dia 14 – Quinta-feira. Caetés Yorubás
Manhã.
Local: Canta Sabiá
Brincadeira dirigidas – formação étnico raciais
Local: Espaço Arteiro – Turma Caetés, Yorubá e Arteiros
Capoeira
Show de mamulengos com Mamulengo Sururu e Mamulengo Xique Xique
Tarde.
Local: Canta Sabiá
Brincadeira dirigidas – formação étnico raciais
Local: Espaço Arteiro – Turma Caetés, Yorubá e Arteiros
Show de Hip Hop: Rimas sem fim – Apresentação das rimas construídas nas oficinas de hip hop
Contacao de Historias – O Pequeno Príncipe Preto

Dia 18 – Segunda-feira. Caetés
Local: Canta Sabiá
Cine Arteiro: Kiriku e a Feiticeira
Tarde.
Local: Espaço Arteiro
Show de mamulengos – Mamulengo Xique Xique
Furebol, queimado, peteca, jogos

Dia 19 – Terça-feira. Yorubás
Local: Canta Sabiá
Cine Arteiro: Kiriku e a Feiticeira
Tarde.
Local: Espaço Arteiro
Show de mamulengos – Mamulengo Xique Xique
Futebol, peteca, queimado.

Texto produzido por Paulo Canuto, voluntário do Projeto de extensão Bureau de Comunicação Comunitária da UFAL, sob coordenação da professora Manuela Callou e Keka Rabelo coordenadora adjunta, junto do GT de comunicação do Movimento dos Povos das Lagoas

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados