25ª edição do “Mundaú Lagoa Aberta” acontece nesta quinta-feira (23)

A programação continua nos próximos dias 23 e 24 de setembro, reforçando a temática do evento “Mulheres, Direitos Humanos e Cultura Popular”

25ª edição do “Mundaú Lagoa Aberta” acontece nesta quinta-feira (23)

A programação continua nos próximos dias 23 e 24 de setembro, reforçando a temática do evento “Mulheres, Direitos Humanos e Cultura Popular”

Por Assessoria | Edição do dia 23 de setembro de 2021
Categoria: Cultura | Tags: ,,,,


No último sábado de agosto (28), se iniciou a programação da 25ª do “Mundaú Lagoa Aberta”, no bairro Vergel do Lago, orla lagunar de Maceió, buscando comemorar os quatro anos de existência do Movimento dos Povos das Lagoas. A primeira programação contou com atividades que envolvem o meio ambiente, a educação, a cidadania e a cultura, como exemplo da “Corrida Eliane Morais”.

O tema do evento foi “Mulheres, Direitos Humanos e Cultura Popular”, onde foi reverberado o papel empoderado da mulher, por isso a “Corrida Eliane Morais” foi muito importante como abertura do evento.

A homenageada se chama Maria Eliane da Conceição dos Santos Morais, que possui uma história inspiradora para as mulheres. Elaine sempre trabalhou no Mercado da Produção, em Maceió, e foi convidada para participar da Colônia de Pescadores Z 05 “Anibal Gama”, depois foi secretária da Federação dos Pescadores do Estado de Alagoas e Presidente da Colônia de Pescadores Z-04 “Santo Antônio”. Foi primeira mulher pescadora a se tornar presidente da Federação dos Pescadores do Estado de Alagoas (FEPEAL) e da Confederação Nacional de Pescadores e Aquicultores (CNPA).

Isadora Padilha, presidente do Instituto IDEAL retrata a importância da atividade para a comunidade e a perpetuação da sua memória: “a corrida Eliane Morais se configurou como um importante elemento de valorização da memória da região lagunar, apoiado com muito orgulho pelo Movimento dos Povos das Lagoas. Estamos falando de um grupo que já organiza corridas há muito tempo, em diversos municípios do complexo lagunar, caracterizando uma importante manifestação cultural, verdadeiro patrimônio das nossas lagoas. Somada a isso, temos essa linda e justa homenagem à figura dessa guerreira, uma mulher negra, marisqueira, que ocupou posições de liderança inclusive em prol dos pescadores alagoanos. Nós não podíamos querer um retorno melhor do Mundaú Lagoa Aberta depois desse um ano e meio de suspensão por causa da pandemia e estamos muito felizes”.

*Os eventos continuam*

As atividades ainda não terminaram, nos próximos dias 23 e 24 de setembro, ainda terá dois webinários contendo as temáticas abordadas no Mundaú Lagoa Aberta. Os eventos serão de forma on-line e serão transmitidos através do canal do YouTube da Prograd-Ufal.

Mônica dos Santos, membra do Coletivo de Apoio às Trabalhadoras e Trabalhadores (CATT), será mediadora do Webinário “Mulher e Direitos Humanos”, que irá acontecer nesta sexta (24), e reforça a importância do que será discutido no webinário: “em tempos de agudização do capital financeiro, associado às políticas neoliberais, a política social tem sofrido diversos abalos, sobretudo às políticas públicas. Muitos têm sido os ataques aos direitos sociais com destaque aos direitos das mulheres. Como se não bastasse o contexto misógino, feminicida, patriarcal, machista, lgbtqia+fóbico e pândemico que acomete sobre maneiras mulheres pobres, pretas, indígenas, trans, quilombolas, entre outras particularidades do ser mulher, ainda temos que lidar com um governo que impõe uma política de retirada e até extinção dos direitos das mulheres trabalhadoras e até desempregadas. As reformas da previdência trabalhista e do teto de gasto são instrumentos do capital que potencializa a exploração e a opressão, por isso essa live sobre os direitos sociais, das mulheres em particular, é de suma importância e merece ser, e merece ser prestigiada por todos os setores em luta contra a capital e suas mazelas”.

23/09 às 14h

Webinário “Mulher e Direitos Humanos”
Promovido pelo Projeto Erê com apoio do Instituto IDEAL.
Convidadas: Elita Morais Dorvillé, mestra em Direito Público pela UFAL, professora nas faculdades ESTACIO e UNINASSAU, membra do grupo de estudos CARMIN-FEMINISMO JURÍDICO; Paula Lopes, advogada, feminista, ativista do Centro de Defesa dos Direitos da Mulher (CDDM);
Mediação: Mônica Regina Nascimento dos Santos, pedagoga, mestra em educação brasileira e professora da UFAL. Membra do Coletivo de Apoio às Trabalhadoras e Trabalhadores (CATT).

24/09 às 14h
Culminância Cultura Agosto da Cultura popular
Webinário debate e música Cultura Popular YouTube
Mediação e apresentação: Rogério Dyaz
– Edson Bezerra
– Sirlene Gomes
– Yalorixa Jeane Yara
– Boi Amizade
– Cláudio AfroAfroxe

Informações
55 82 98849 2085
@povosdaslagoas

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados