Tutmés Airan é eleito presidente do TJAL para o biênio 2019/2020

Eleição ocorreu na tarde desta terça-feira (11), no Pleno do Tribunal de Justiça

Por | Edição do dia 11 de dezembro de 2018
Categoria: Alagoas, Notícias | Tags: ,


Fernando Tourinho, Tutmés Airan e Sebastião Costa Filho conduzem o Judiciário alagoano nos próximos dois anos. (Foto: Caio Loureiro)

Fernando Tourinho, Tutmés Airan e Sebastião Costa Filho conduzem o Judiciário alagoano nos próximos dois anos. (Foto: Caio Loureiro)

Os desembargadores Tutmés Airan de Albuquerque Melo e Sebastião Costa Filho foram eleitos, respectivamente, presidente e vice-presidente do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL) para o biênio 2019/2020. A cúpula diretiva terá ainda o desembargador Fernando Tourinho de Omena Souza, eleito corregedor-geral da Justiça em julho deste ano.

Tutmés Airan, que ingressou no Tribunal de Justiça de Alagoas em 2009, na vaga do Quinto Constitucional destinada à Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), disse que fará uma gestão transparente e próxima da sociedade. “Tenho um propósito muito definido, que é aproximar o Poder Judiciário da população. Esse é o compromisso central, que vou perseguir durante os próximos dois anos com muita determinação e afinco”, disse.

O novo presidente destacou o trabalho feito pelo desembargador Otávio Praxedes à frente da Corte estadual. “De alguma forma o meu trabalho será facilitado porque o desembargador Praxedes fez uma administração muito tranquila, equilibrada e serena. O meu trabalho será dar continuidade a tudo o que está sendo feito, obviamente com a introdução de algumas novidades”, afirmou Tutmés Airan, ressaltando que terá uma postura aberta aos grandes problemas sociais. “Esse é o tempero que vou tentar dar”.

Sebastião Costa Filho agradeceu aos colegas por ter sido alçado ao cargo de vice-presidente da Corte. “Procuraremos fazer uma gestão séria, responsável e que possa atender bem a comunidade”.

A eleição de Tutmés Airan, nesta terça-feira (11), ocorreu em virtude da renúncia do desembargador Alcides Gusmão da Silva, oficializada na última segunda (10) junto à Presidência da Corte. “Agradeço aos colegas pela compreensão diante da renúncia por mim apresentada e desejo à nova gestão muito sucesso”.

A desembargadora Elisabeth Carvalho, que seria a vice-presidente no biênio 2019/2020, também renunciou. Ela desejou sorte à nova administração. “O Tutmés é um jovem dinâmico e associado à experiência do desembargador Sebastião Costa Filho vai fazer uma boa gestão”.

O desembargador Otávio Praxedes, à frente do TJAL até o final deste ano, afirmou que ser presidente da Corte é uma realização de vida profissional, que traz muitas responsabilidades. “Tenho certeza de que o desembargador Tutmés será bem-sucedido”.

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados