Júri absolve acusado de matar primo que o chamava de ‘vacilão’

Jurados reconheceram o crime, mas optaram por absolver o réu

Júri absolve acusado de matar primo que o chamava de ‘vacilão’

Jurados reconheceram o crime, mas optaram por absolver o réu

Por | Edição do dia 12 de março de 2020
Categoria: Alagoas, Notícias | Tags: ,,


23bac5030a292893f87eb198b9794bf2O Tribunal do Júri da 8ª Vara Criminal da Arapiraca absolveu, nesta quinta-feira (12), o réu Erisvaldo dos Santos, acusado de matar o primo, Jamilson Roque dos Santos, em outubro de 2008. O júri foi conduzido pelo titular da unidade, juiz Geneir Marques de Carvalho Filho.

Durante o julgamento, o representante do Ministério Público requereu a condenação de Erisvaldo por homicídio qualificado. Após os debates, os jurados reconheceram que o réu havia cometido o assassinato, mas optaram por absolvê-lo.

Segundo a denúncia, o crime foi motivado pelo fato de Jamilson viver chamando o primo Erisvaldo de ‘vacilão’. Ambos moravam juntos, com outros familiares, desde a infância, e segundo os parentes, não existiam intrigas entre os primos.

O réu teria se aproveitado de estar sozinho em casa com a vítima no dia do crime e efetuou um disparo de arma de fogo contra Jamilson, atingindo-o na cabeça, por não suportar mais ser chamado de ‘vacilão’. De acordo com Erisvaldo, a vítima já teria lhe ameaçado, mas nenhuma providência legal foi tomada pelo réu.

Matéria referente ao processo nº 0000101-17.2009.8.02.0058

Deixe uma resposta

Publicidade
 
 
Publicidade

2019 O dia mais - Todos os direitos reservados