Bom Dia!, Sexta-Feira - 22 de Junho de 2018

 

Usuário rejeita Wi-Fi nos ônibus

Deraldo Francisco / 12:05 - 22/02/2018

Projeto de lei aprovado na Câmara de Vereadores não agradou os passageiros de ônibus em Maceió, preocupados com a violência


 

A vereadora Silvânia Barbosa estava bem intencionada quando apresentou o Projeto de Lei que obriga os empresários a instalarem Internet Móvel Grátis (Wi-Fi) nos ônibus de Maceió. Mas ficou só na boa intenção. A reação dos usuários foi imediata e contrária ao projeto.

Nas redes sociais, os comentários e opiniões foram postados – alguns de forma ácida e agressiva – mas outros bem ponderados e com bons argumentos. Um deles dá conta de que, conforme o “contrato de licitação” assinado pela Prefeitura de Maceió em 2015 não prevê a fonte de custeio para a instalação da rede Wi-Fi nos ônibus. Ou seja: não há dinheiro para isso.

Mas houve quem foi mais direto ao ponto. Os nomes serão preservados, mas os relatos são reais nas redes sociais. “Agora é que vai ter roubo de celular”, disse uma estudante. “Se já estão carregando (sic) nos pontos, agora é que chover de ladrão dentro dos ônibus”, afirmou outra usuária. “Bom vai ser para o ladrão para pegar todos os celulares que estiverem acessando as redes sociais”.

Uma enquete que circula nas redes sociais pergunta: “E aí, vai ter coragem de usar o celular no ônibus?”. Até esta manhã, 28% das respostas diziam que SIM. Mas, a grande maioria, 78% diziam que não.

Mas houver aqueles mais agressivos, cujos nomes também serão preservados. Lembrando: os relatos são reais e estão disponíveis nas redes sociais. “Vão para o inferno com internet Wi-Fi (sic). Quero ônibus Graciliano Ponta Verde com o mesmo horário: sábado, domingo e feriado; Graciliano Ernesto Maranhão e Residencial Tabuleiro do Martins, o primeiro ônibus volte (sic)”.

 


Comentar usando