Boa Noite!, Terça-Feira - 16 de Outubro de 2018

 

SMTT vai instalar 13 novos pardais em ruas de Maceió

Da Redação / 3:24 - 24/07/2017

De acordo com a SMTT, objetivo “oficial” é fiscalizar e reduzir o uso inapropriado da Faixa Azul


A Prefeitura de Maceió anunciou, nesta segunda-feira (24) que irá instalar mais 13 radares de fiscalização – os famosos pardais – em diversos pontos da capital. A previsão é que o sistema comece a funcionar no dia 30 de setembro, após identificação dos locais e período de campanha educativa.

De acordo com a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT), o objetivo “oficial” é fiscalizar e reduzir o uso inapropriado da Faixa Azul e garantir o tráfego dos ônibus coletivos. A necessidade dos pardais teria sido identificada após um levantamento dos agentes, que têm notado o aumento de carros particulares nos corredores de trânsito.

Desta forma, os pardais para fiscalização serão instalados em pontos estratégicos das avenidas Durval de Góes Monteiro, Fernandes Lima, Comendador Leão e Dona Constança.

Os novos pontos de pardais são:

– Avenida Menino Marcelo (cruzamentos com os conjuntos José Tenório e Henrique Equelman);

– Avenida Rotary (em frente ao Condomínio Recanto da Rotary);

– Avenida Josefa de Melo (próximo ao Parque Shopping Maceió);

– Avenida Muniz Falcão (em frente à FAT);

– Avenida Assis Chateaubriand (próximo à entrada do Pontal da Barra e à fábrica de Gelo Sorriso);

– Avenida Silvio Vianna (entre as barracas Lopana e Kanoa);

– Rua Empresarial Jorge Montenegro Barros (na Santa Amélia, próximo à empresa São Francisco);

– Avenida Durval de Góes Monteiro (em frente à Dona Valmira);

– Avenida Governador Afrânio Lages (próximo ao Residencial Vale do Sol);

– Rua do Imperador (cruzamento com a Rua Barão de Atalaia, Centro);

– Rua Barão de Atalaia (cruzamento com a Rua do Imperador);

– Rua Melo Moraes (cruzamento com a Rua do Sol);

– Rua do Sol (cruzamento com a Rua Melo Moraes).

Outro objetivo defendido pela SMTT para a medida é a redução dos índices de acidentes por excesso de velocidade e avanço do sinal vermelho.


Comentar usando