SMTT monta armadilha para multar motoristas

Deraldo Francisco / 4:09 - 03/07/2017

Escondidos em locais estratégicos para multar motoristas, papel dos agentes estaria sendo desvirtuado


0207escondidosAlém de descumprir a sinalização horizontal que identifica a Faixa Azul e tornar irregular as autuações emitidas nesta área, a Superintendência Municipal de Transporte e Trânsito (SMTT) também está descumprindo o que deter­mina o Manual Brasileiro de Fiscalização quanto às condi­ções do agente de trânsito para a lavratura da autuação.

Conforme a legislação vigente no País, “os agentes encarre­gados de regular o trânsito serão facilmente reconhe­cidos e visíveis à distância, tanto de noite como de dia.” A legislação fala em “regular o trânsito”, não fala em apenas multar os motoristas.

Aqui em Maceió, uma equipe escolhida a dedo e com direito a regalias, sai todos os dias da base da SMTT com um único objetivo: multar motoristas. Conhecidos como “Coração de Pedra”, os 16 integrantes deste grupo ficam escondidos – inclusive escon­dem a viatura do órgão – para aplicar as multas.

(…)

A reportagem identificou dois pontos onde os agentes de trânsito ficam escondi­dos para autuar condutores. Uma dessas tocas fica numa calçada, na Avenida Fernan­des Lima, no trecho que fica logo depois da sede do Tribu­nal de Contas do Estado (TCE). O outro fica num posto de combustíveis, na Avenida Juca Sampaio, no Barro Duro.

A estratégia é a mesma, bem como a finalidade: multar condutores. No Farol, os agentes de trânsito se camuflam para flagrar veículos na Faixa Azul, que não está sinalizada. Portanto, uma covardia em dose dupla: multar às escondidas (que não é permitido) numa via sem sinalização.

No Barro Duro, os agen­tes ficam escondidos atrás de um muro para flagrar condutores que trafeguem pela ciclofaixa. No horário de “pico”, é comum motoristas mais apressados “pegarem” a ciclofaixa para escapa­rem do trânsito. Ocorre que, nessa manobra, eles correm o risco de cometer graves acidentes. Caso houvesse a presença ofensiva dos agen­tes da SMTT, com o giroflex da viatura ligado, não haveria necessidade disso.

LEIA MATÉRIA COMPLETA NA EDIÇÃO DE O DIA ALAGOAS DESTA SEMANA, JÁ NAS BANCAS


Comentar usando