Bom Dia!, Quarta-Feira - 15 de Agosto de 2018

 

SMTT detalha como funciona a integração temporal

Ascom SMTT / 4:21 - 16/05/2018


A integração temporal é um benefício concedido aos usuários do transporte público que utilizam o Cartão Bem Legal de qualquer modalidade, proporcionando o uso de dois ônibus pagando apenas uma passagem. Para que o benefício seja concedido, é preciso respeitar o prazo máximo de 1h30, que começa a contar a partir do momento que o cartão passa no primeiro validador.

Não são todas as linhas do sistema que se integram. É importante que o usuário saiba quais são as conexões das linhas antes de embarcar. Também é fundamental entender que uma linha não integra com ela mesma, inclusive, que isso configura fraude no sistema.

Para que o usuário entenda e faça bom uso da temporalização, é preciso saber exatamente para qual local pretende ir, observar se onde ele está tem linha direta para o atendimento ou se as linhas que passam na parada têm combinação com outras para chegar ao destino final.

“Em relação ao sentido das linhas, o usuário deve ficar atento às combinações que estão disponíveis no site da SMTT. Dependendo dos conjuntos, a primeira linha pode ser o sentido ida e a segunda linha o sentido volta, ou as duas podem estar no mesmo sentido da viagem, ida com ida e volta com volta”, explica a assessora de Desenvolvimento Tecnológico da SMTT, Paula Isanelle.

Atualmente, por meio do site de serviços da SMTT e do telefone 118, a população que faz uso do transporte público pode saber quais linhas se integram. Caso o usuário tenha feito a integração conforme os modos pré-estabelecidos, mas tenha a sua segunda passagem cobrada, basta entrar em contato com essa central, informar o horário e as linhas que foram utilizadas, com o número do cartão, para que a informação seja verificada e um retorno seja dado ao usuário em tempo hábil.

Ascom SMTT


Comentar usando