Seagri, cooperativas e laticínios discutem Programa do Leite

Agência Alagoas / 4:53 - 13/11/2017

Encontro abordou fluxograma, pagamentos e pontos de entrega nos municípios


Representantes da Cadeia Produtiva do Leite discutiram ainda o repasse dos recursos federais referentes ao exercício 2017Técnicos da Secretaria da Agricultura, Pecuária, Pesca e Aquicultura (Seagri) e representantes de Cooperativas e dos laticínios se reuniram nesta segunda-feira (13), para tratar do Programa do Leite em Alagoas. Entre os temas, pagamento, pontos de entrega e fluxograma do programa.

Outro ponto de discussão diz respeito ao repasse de recursos do governo federal, referente ao exercício 2017. Das quatro parcelas pactuadas no convênio, até o momento apenas duas foram repassadas para Alagoas.

O Programa do Leite no Estado dispõe de 674 pontos de distribuição, beneficiando diretamente 320 mil pessoas com a entrega mensal de 1,5 milhão de litros de leite de vaca e 15,5 mil de leite de cabra.

Como explica Andrea Ribeiro, gestora do Programa do Leite da Seagri, o encontro teve como propósito discutir o andamento do programa junto aos representantes de Cooperativas e dos laticínios sobre o aditivo do convênio, fluxograma, entre outros temas.

“Como já estamos no final do ano e os sistemas de convênio e pagamento ficam sem orçamento, aproveitamos para atualizar as informações, como é o caso do termo do aditivo que vamos solicitar”, afirma Andreia.

Atualmente, 5,4 mil pequenos agricultores e onze laticínios atendem ao Programa do Leite em Alagoas, que tem como meta atuar no combate à fome e à desnutrição de indivíduos em situação de vulnerabilidade social e/ou insegurança alimentar e nutricional.

O Programa do Leite conta com a participação de cinco cooperativas fornecedoras, entre elas a vCPLA, Pindorama, Coopaz, Cafisa e Aagra, beneficiando, diariamente, milhares de famílias em todos os municípios, inclusive com leite de cabra.


Comentar usando