Bom Dia!, Segunda-Feira - 23 de Julho de 2018

 

Quer ter mais prazer em correr? Estudo indica o que deve fazer

/ 12:49 - 10/07/2018

Entenda como funciona a reavaliação cognitiva


Se você é do tipo que acorda feliz às seis da manhã e calça o tênis de corrida, pode pular para o proximo artigo. Mas se você, assim como a maioria das pessoas, corre por obrigação e não entende como alguém pode gostar de correr, é melhor conhecer esta técnica.

Tired girl on the run track stands bent and looking down

Tired girl on the run track stands bent and looking down

Mesmo que no final do treino sinta aquela sensação de missão cumprida, um estudo publicado na revista ‘Motivation and Emotion’ demonstra a técnica de ‘reavaliação cognitiva’, já utilizada em tratamentos de terapia. A técnica consiste em associar uma atitude distinta a cada atividade, ou seja, reconhecer o pensamento negativo e contrariá-lo, algo que seria difícil de acontecer se visse toda a experiência como negativa.

Para testar a eficácia da técnica, foram analisados 24 corredores saudáveis, com idades entre os 18 e os 33 anos, que foram instruídos a correr três vezes por semana, em corridas de esforço elevado e duração de 90 minutos. Na primeira semana, os corredores não recebera nenhuma instrução, na segunda e terceira, foi-lhes pedido que pensassem em algo que os distraísse durante a corrida ou, por sua vez, que optassem pelo método da reavaliação cognitiva.

O estudo concluiu que pensamentos como ‘minhas pernas doem’ ou ‘estou cansado’, foram substituídos por ‘estou fazendo exercício, mais vale aproveitar’ ou ‘se desacelerar, talvez deixe de sentir esta dor’.

Quanto a resultados, a técnica foi associada a uma melhor performance enquanto que o método de distração ou a ausência de métodos não indicaram qualquer melhoria no desempenho do corredor.

 


Comentar usando