Bom Dia!, Sexta-Feira - 14 de Dezembro de 2018

 

PRF flagra oito e prende cinco por embriaguez em Alagoas

Assessoria / 10:44 - 16/04/2018

Ações aconteceram durante o fim de semana nas BRs, 101, 104, 316 e 423


A Polícia Rodoviária Federal (PRF) flagrou durante o fim de semana, nas rodovias federais que cortam Alagoas, oito condutores dirigindo veículo automotor sob efeito de álcool. Cinco deles atingiram o limite acima de 0,30 mg/l no teste de etilômetro e foram presos. Os flagrantes aconteceram durante os trabalhos de rotina realizados pelos policiais entre a sexta-feira (13) e o domingo (15).

As ocorrências que envolveram prisões por embriaguez ao volante iniciaram na noite do sábado (14). Por volta das 22h30, uma equipe da PRF fazia rondas pela BR316, trecho de Cacimbinhas, quando avistou um condutor numa Honda/ Biz, de cor rosa, trafegando pela rodovia e decidiu abordá-lo. O homem não possuía habilitação para conduzir veículo automotor e apresentou sinais de embriaguez. O teste de etilômetro confirmou a suspeita dos policiais, resultando em 0,48 mg/l. O homem foi encaminhado à Delegacia de Polícia Civil de Palmeira dos Índios.

Já o domingo, acumulou as outras quatro prisões por alcoolemia ao volante. As infrações aconteceram na BR 101, em Teotônio Vilela e Junqueiro, na BR 104, em União dos Palmares e na BR 423, em Ouro Branco. Os resultados do etilômetro variaram entre 0,41 e 1,11 mg/l. Eles conduziam tanto motocicletas quanto carros de passeio.

Para o Código de Trânsito Brasileiro (CTB), o índice de 0,30mg/l no organismo do condutor já é suficiente para enquadrar a conduta como crime de trânsito. Além de ser preso, o motorista terá de pagar pela multa de R$2.934,70, acumulará sete pontos na carteira de habilitação e poderá ter seu direito de dirigir suspenso por 12 meses. Lembrando que o fato de o condutor se negar a soprar o bafômetro, não afasta a possibilidade dele ser preso.


Comentar usando