, Terça-Feira - 13 de Novembro de 2018

 

Presidente de torcida organizada do CRB e esposa são executados no Poço

Redação / 9:02 - 16/10/2018

Segundo a polícia, a mulher já tem passagem por tráfico de drogas e foi presa em flagrante


e0afe5d1-4120-48f0-a56a-b9d7199b54a4

Um homem e uma mulher foram mortos a tiros na noite desta segunda-feira (15)  enquanto estavam participando de um culto religioso, no bairro do Poço, em Maceió. Cláudio Moises Correira da Costa, de 29 anos – presidente da Garra, torcida organizada do CRB – e sua esposa, Joana Dark da Conceição Santos, de 33 foram atingidos na cabeça.

Segundo testemunhas – que fizeram relatos do atentado a polícia – quatro suspeitos chegaram em um Fiesta, de cor prata e placa ORH-9340, de Recife/PE e perguntaram por Cláudio. Assim que a vítima se apresentou, três desceram armados e tiram contra ele, mas a esposa  atravessou na frente do marido e sofreu disparos no tórax e na cabeça.

A principal suspeita para que o duplo homicídio tenha acontecido seria por causa do tráfico de drogas, já que Joana Dark foi presa no mês passado  com 932 gramas de maconha, várias embalagens plásticas, munições de calibres 12 e 38, dois aparelhos celulares, uma balança de precisão e R$ 2 mil.

Militares do 1° Batalhão de Polícia Militar (BPM) , equipes dos Institutos de Criminalística (IC), Instituto Médico Legal (IML) e a Delegacia de Homicídios estiveram no local realizando os procedimentos cabíveis.


Comentar usando