Prepare os amuletos da sorte para usar na hora da virada do ano

Correio Braziliense / 9:13 - 31/12/2017

Lavanda, hortelã, quartzo branco e rosa, anis estrelado são algumas das recomendações dos terapeutas holísticos


Adeus ano velho, feliz ano novo. 2017 foi um ano um pouco turbulento, mas vamos focar em 2018? Veja aqui como começar o ano com mais positividade, amor e paz interior. Vale qualquer tipo de superstição, como pular sete ondas no mar, usar branco na hora da virada, ou guardar as sementes de romã na carteira.

Segundo o terapeuta holístico Matheus Abdalla, a escolha da simpatia deve começar no objetivo a se conquistar no próximo ano. “Caso a pessoa queira prosperidade, deve optar pela lavanda. Se for paz, uma rosa branca. Dinheiro, as clássicas sementes de romã. Para perdão, hortelã e, amor, anis estrelado”, explica.

lavanda

Não existe mistério para levar esses amuletos na hora da virada. Basta colocar todos em um saquinho, bolsinha ou trouxinha de pano, e levar no bolso. Matheus recomenda que utilizem a rosa na orelha, para que ela fique a mostra. “A única forma de se obter paz é mostrar que se quer paz. Enquanto as pessoas acharem que você quer brigar, você não ficará bem.”

Mas, não é necessário utilizar esses artefatos apenas último dia do ano. Os amuletos são mais efetivos na virada, mas não existe uma diferença de fato. “Nossos pensamentos no ano-novo estão voltados à mudança. Existe essa energia global em que todo mundo coloca pensamentos positivos para o futuro, então a eficiência é muito maior”, explica.

Segundo Abdalla, o cuidado com o futuro não deve ser pensado só no ano-novo. “É um exercício muito grande de amor próprio e cuidado consigo mesmo todos os dias.”

Para aqueles que passam por maus bocados no amor e precisam se livrar de pessoas que lhe fizeram mal, Abdalla indica a planta arruda. “Nada que autoamor e duas folhinhas de arruda não resolvam”, brinca o curador holístico.

arruda

Número 9

Em um ano pautado por eleições, a numerologia alerta: deveremos ter cautela nas nossas decisões. É o que prevê o numerólogo Antônio Ribeiro.

Segundo ele, o número do ano é o 9, que, por ser o último número primário, representa o final de um ciclo. “Devemos ter prudência, pois será um ano turbulento para o país”, avisa Ribeiro.

Antônio prevê ainda que será um ano de novas descobertas. “2018 será favorável para as pessoas que não aparecem muito, pois elas terão reconhecimento, principalmente em assuntos ligados à ciência e à tecnologia”, afirma. Ribeiro ainda afirma que o mundo deve se preparar para escândalos, polêmicas, barbáries e violência. “Será um ano muito emocional”.


Comentar usando