A Prefeitura de Arapiraca, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo (SMDETUR), inicia, na próxima segunda-feira (21), a pesquisa de campo do Inventario Turístico do município. Nesta fase será realizada a coleta de dados in loco para preenchimento dos formulários, os quais seguem modelo preconizado pelo Ministério do Turismo. A pesquisa tem um cronograma pré-estabelecido para acontecer durante 20 dias.

“O que Arapiraca tem para ofertar ao turista?”, questionou o secretário Michael Chinelato. “A pesquisa de campo vai responder essa pergunta e as informações coletadas vão alimentar o banco de dados que está sendo construído pela prefeitura”, explicou.

Ainda de acordo com o secretário, esse procedimento permite conhecer as características e a dimensão da oferta, o que precisa ser melhorado ou aperfeiçoado. “O resultado vai permitir que tanto o setor público quanto o privado tomem inciativas para tornar o turismo mais competitivo e sustentável”, afirmou Michael.

Objetivo

O projeto, que começou a ser desenvolvido no ano passado, consiste em identificar, levantar, registrar e divulgar os atrativos, serviços e equipamentos turísticos, as estruturas de apoio ao turismo, as instâncias de gestão e outras condições gerais que viabilizam a atividade turística, como base de informações para que se planeje e gerencie adequadamente o processo de desenvolvimento.

“O intuito é dar conhecimento do que o município tem que seja passível de utilização para fins turísticos para embasar as ações de planejamento, gestão, promoção e incentivo à comercialização do turismo”, destacou a coordenadora de Estruturação e Promoção do Turismo, Franciane Asevedo.

Quando pronto, o Inventário Turístico terá informações confiáveis e atuais e ficará a disponibilização dos planejadores, gestores e visitantes.