Pé de maconha é encontrado em Presídio de Segurança Máxima

Redação / 7:01 - 01/12/2017

Agentes penitenciários encontraram a planta durante revista no prédio, que era controlado pela Polícia Militar


A conta é grande: 23 telefones celulares, 5 carregadores externos, 1 balança de precisão, várias tomadas e cabos para extensão, um martelo artesanal e vergalhões. Tudo isso foi encontrado durante uma revista no Presídio de Segurança Máxima na tarde desta sexta-feira (01). O absurdo aumenta com a descoberta, também, de um pé de maconha ao lado do prédio, que fica localizado dentro do complexo do Sistema Prisional, no bairro do Tabuleiro, e era administrado pela Polícia Militar.

Foto: cortesia O DIA MAIS

À esquerda, os vergalhões e martelo de ferro improvisado (Foto: cortesia O DIA MAIS)

A descoberta foi feita por agentes penitenciários como forma de tomar controle do presídio, que passou nesta sexta-feira à gestão e comando da Secretaria de Estado de Ressocialização e Inclusão Social (Seris). Em sua “ação de boas vindas”, os agentes fizeram uma revista geral nas celas e demais ambientes internos e externos que compõem o prédio.

No canto inferior da foto, os vergalhões e o martelo improvisado (Foto: Cortesia O DIA MAIS)

Fé de maconha encontrado junto com os celulares já era “crescido” (Foto: Cortesia O DIA MAIS)

Será instaurada uma sindicância interna para descobrir a origem de tantos equipamentos eletrônicos proibidos, sem falar no plantio e cuidados com o pé de maconha, que já estava em estado considerável de crescimento.


Comentar usando