Paulo Barros: ‘Nunca teríamos acidentes com carros da Portela’

Márcio Anastacio / 11:38 - 03/03/2017

Carnavalesco afirma que suas alegorias eram as mais perigosas da Sapucaí


Paulo Barros. Foto: Divulgação Portela

Paulo Barros. Foto: Divulgação Portela


O carnavalesco Paulo Barros, durante uma pausa na comemoração pelo título conquistado de campeão do Carnaval 2017, revelou os cuidados que teve com os carros da Portela para evitar acidentes e panes durante o desfile.

Na sala da presidência, o carnavalesco disse em entrevista que só entra na Avenida quando tem certeza que nada de grave vai acontecer com as suas alegorias. “Quando entro na Sapucaí, tenho certeza que meus carros não vão ter problemas estruturais ou técnicos”, garantiu Paulo Barros.

Ele destacou o perigo calculado que a Portela se expôs para colocar o seu desfile na Passarela do Samba. “Os carros da Portela eram os mais perigosos da Avenida. Qualquer coisa ali dentro que desse errado, o carro deixaria de acontecer. Eu teria algum acidente ali? Nunca! Mas qualquer problema técnico interno ele deixaria de funcionar”, confessou.

E fez um convite: “se você quiser, eu mostro os cálculos matemáticos que os engenheiros fizeram. Eu procuro ter esse cuidado”, destacou o carnavalesco que foi ovacionado pelos portelenses em Madureira.

Durante o desfile oficial, os carros alegóricos das escolas de samba Unidos da Tijuca e do Paraíso do Tuiuti causaram acidentes graves com vítimas na Marquês de Sapucaí. Cerca de 35 pessoas ficaram feridas.

Saiba com detalhes como foi o desfile da Portela, campeão do Carnaval Carioca 2017. Aqui!


Comentar usando