, Terça-Feira - 13 de Novembro de 2018

 

O jogo no campo da súmula

Repórter - Marcelo Alves / 11:35 - 17/10/2018


Marcelo Alves – Repórter

Arte: Marcelo Alves

 

Calote e pagamento em cheque

Há dois casos de pagamento envolvendo o time do Guarani e que foram relatados em súmula. Uma das situações se trata de calote.  O árbitro Jailson Macedo Freitas relatou que as taxas de despesas dele e do assistente de número 1 Alessandro Álvaro Rocha no valor de R$ 3.806,12 não foram pagas pelo Guarani. Já o juiz de futebol Emerson de Almeida Ferreira reclamou na súmula que o pagamento dele e do assistente 1 foram feitos em cheque no valor de R$ 2.365,58 e R$ 2,655,10, respectivamente.

Resultado de imagem para árbitro jailson macedo de freitas

Árbitro Jailson Macedo de Freitas

De última hora

Os 90 minutos não chegaram a ser suficientes para os times da Série B definirem o placar. O relato nas súmulas sete partidas chamou a atenção porque clubes venceram e evitaram derrotas no apagar das luzes, ou seja, nos minutos de acréscimos. Destaque para o Guarani. Ambos os times foram até a última esperança.

O Guarani deixou escapar duas vitórias nos acréscimos. Contra o Vila Nova, vencia a partida por 1 a 0 com gol marcado aos 30 do segundo tempo. Mas aos cinco de acréscimo da etapa final, sofreu o empate. No duelo com o Fortaleza, empatava por 1 a 1, mas viu o adversário fazer o segundo aos 4 de acréscimo do segundo tempo. Teve também o confronto com o Juventude. Perdeu ainda no 1 minuto do acréscimo do primeiro tempo do jogo.

Resultado de imagem para Fortaleza vence o Guarani nos acréscimos

Ao contrário do Guarani, o CSA usou os acréscimos para empatar por 2 a 2 e evitar a derrota para o Coritiba, aos 5 minutos de acréscimo do segundo tempo da partida. Quem aproveitou para vencer nos minutos acrescentados pelo árbitro foram o Londrina que bateu o Juventude por 1 a 0, com 1 minutos depois dos 45 da etapa final. Aos 49 do segundo tempo, o Boa venceu o Goiás por 2 a 1.

 

Fatos inusitados

No jogo CRB 1 x 1 Brasil de Pelotas, o árbitro Elmo Alves Resende Cunha relatou na súmula que as duas equipes ficaram perfiladas para o momento do hino nacional, mas o canto não foi executado por problemas técnicos no sistema de som do estádio. Já o juiz de futebol André Luiz de Freitas escreveu que foi surpreendido após o Brasil 1 x 0 Figueirense, por pessoas divulgando uma festa chamada Fenadoce.

Já na Arena Castelão, queda parcial de iluminação paralisou a partida em seis minutos. Relato na súmula do árbitro Alexandre Vargas Tavares.

 

Jogos sem e com muitos cartões aplicados

Exemplo de partida aconteceu na vitória do Goiás sobre o Oeste por 1 a 0. Durante este jogo, nenhum jogador foi punido com cartão amarelo pelo árbitro Jean Pierre Gonçalves Lima. Por outro lado, o Juventude figura nos jogos com recordes de cartão. Foram 12 cartões, quando o time gaúcho empatou por 1 a 1 com o Paysandu e 0 a 0 com o Criciúma. No primeiro confronto recebeu seis cartões e quatro no segundo.

Resultado de imagem para Goias e Oeste


Comentar usando