No Dia da Felicidade, conheça os países mais felizes e tristes do mundo

ONU/Agência Brasil / 3:21 - 20/03/2017


O mundo celebra nesta segunda-feira, 20 de março, o Dia Internacional da Felicidade. A data foi criada em julho de 2012 pela Assembleia Geral das Nações Unidas e as celebrações ocorrem desde 2013. Segundo a ONU, o Dia é uma forma de se reconhecer a importância da felicidade nas vidas das pessoas em todo o mundo.

Para marcar a data, o “Estudo Mundial sobre a Felicidade”, a edição 2017 de um relatório oficial divulgado hoje em Nova York pela ONU, que apresenta a lista dos países mais felizes e os mais infelizes do planeta, numa pesquisa que envolveu 155 nações. O Brasil ficou na 22ª posição.

O informe combina seis factores: PIB per capita, expectativa de vida saudável, apoio social (ter alguém em quem confiar em momentos difíceis), ausência de corrupção no governo e nas empresas, liberdade social e generosidade (medida por doações recentes).

Segundo a lista, os dez países mais felizes são, pela ordem:

Índice de felicidade dos países leva em conta até o PIB per capita e ausência de corrupção no governo e nas empresas (Foto: ONU/Eskinder Debebe)

Índice de felicidade dos países leva em conta até o PIB per capita e ausência de corrupção no governo e nas empresas (Foto: ONU/Eskinder Debebe)

1. Noruega

2. Dinamarca

3. Islândia

4. Suíça

5. Finlândia

6. Holanda

7. Canadá

8. Nova Zelândia

9. Austrália

10. Suécia

No outro extremo, os dez países mais infelizes do mundo são:

Ferido em um bmbardeio em Aleppo, na Síria, o pequneo Omran impressionou por não esboçar nenhuma reação (Foto: internet)

Ferido em um bombardeio em Aleppo, na Síria, o pequeno Omran impressionou por não esboçar nenhuma reação (Foto: internet)

155. República Centroafricana

154. Burundi

153. Tanzânia

152. Síria

151. Ruanda

150. Togo

149. Guiné

148. Libéria;

147. Sudão do Sul

146. Iêmen

Metas para a felicidade

Em 2015, a ONU e os seus estados-membros lançaram os 17 Objetivos de Desenvolvimento Sustentável, que buscam acabar com a pobreza, reduzir as desigualdades e proteger o planeta.
Segundo as Nações Unidas, esses são três aspectos que podem levar ao bem-estar e à felicidade das nações.


Comentar usando