Boa Tarde!, Segunda-Feira - 18 de Junho de 2018

 

NAFSA: Maior evento de educação internacional do mundo

Alyshia Gomes / 8:19 - 10/06/2018


Esta semana, tive a honra de participar do Seminário de Internacionalização no Ensino Público no Nordeste Brasileiro, brilhantemente organizado pelo Consulado dos Estados Unidos em Recife. Mais um evento rico em informações e em network, importante ferramenta para qualquer área de trabalho nos dias atuais. Motivada por este movimento, decidi escrever o comentário da semana especialmente para profissionais da educação interessados em Educação Internacional, apresentando o mais importante evento de Educação Internacional do mundo: NAFSA.

Trata-se da Associação de Educadores Internacionais, organização sem fins lucrativos fundada em 1948 e voltada para profissionais em todas as áreas da educação internacional, incluindo educação no exterior, assessoria, internacionalização de campus, admissão, e inglês como segunda língua. Com o objetivo de promover o desenvolvimento internacional, a NAFSA olha para a educação como força de trabalho global, estabelecendo princípios de boas práticas, oferecendo oportunidades de treinamento e aperfeiçoamento profissional.

A Conferência e Expo Anual NAFSA é sempre um evento de grande porte. Cada edição envolve mais de 10 mil participantes e cerca de 3.500 instituições e organizações de mais de 100 países, o que nos permite dizer que é um acontecimento que atende às mais diversas necessidades do corpo social de natureza educativa global.

Este ano, a conferência foi sediada na Filadélfia, Pensilvânia, entre os dias  27 de maio e 1º de junho. Como de costume, trouxe inúmeras novidades assim como informativos e programas que incentivam os participantes da melhor maneira no processo de evolução educacional internacional.  Em 2018, o tema abordado foi “Diversas Vozes, Compromisso Compartilhado” (Diverse Voices, Shared Commitment). Segundo os participantes, o tema abordado nos faz perceber que um dos intuitos é a interação, a busca constante por sucesso, mas não de modo restrito, e sim, expansivo, ou seja, quanto mais pessoas e institituições for possível alcançar, melhor; pois quando se trata de educação, a responsabilidade é coletiva, e deve envolver todas as nações.

O caminho para uma educação de qualidade é árduo, sendo indispensável que haja sempre um processo de atualização dos profissionais, principalmente dos que estão interesados em Educação Internacional. Por isso, profissionais do nordeste, que tal iniciar a preparação para participar da NAFSA 2019? Qual tema? Liderança Global, Aprendizagem e Mudança (Global Leadership, Learning and Change). Fica a dica!Para esta semana, agradeço a Vitoria Floresta, aluna de Direito, atleta de judô e futura estudante internacional, que colaborou intensamente para este comentário. Não se esqueça que você pode enviar seus comentários, dicas, perguntas… para o mail alyshiagomes.ri@gmail.com.

Bolsa para programa de liderança nos Estados Unidos

Fonte: Georgetown University/ Latin America Leadership Program

Liderança em Competitividade Global (Global Competitiveness Leadership – GCL) é um programa de desenvolvimento de liderança único que premia jovens líderes com bolsas de estudos integrais e parciais para participarem de um programa de 10 semanas na Universidade de Georgetown. O programa recruta candidatos altamente qualificados e pretende capacitá-los para se tornarem futuros agentes de mudança na América Latina, a fim de promover a competitividade, o desenvolvimento, a integração regional e a inserção da região na agenda global.

Para se candidatar é necessário ter entre 24 e 34 anos, ter como origem um país latino-americano (candidatos qualificados cujo trabalho impacta a região ibero-americana também são encorajados a se inscrever), possuir diploma universitário de uma universidade credenciada, ter excelente histórico acadêmico, conhecimento comprovado de inglês (leitura, escrita e oral), pelo menos um ano de experiência profissional e ainda se assumir um compromisso de retornar ao país de origem para aplicar o conhecimento obtido.

As inscrições deverão ser realizadas até 13 de agosto e deverão ser realizadas através do site: https://georgetowngclprogram.myreviewroom.com/?utm_source=Partiu%20Intercambio&utm_medium=post&utm_campaign=GCL2019

 

Bolsa para programa de mentoria e empreendedorismo na Alemanha 

Fonte: Westerwelle Foundation

A Westerwelle Foundation, através do Westerwelle Young Founders Programme (Programa de Westerwelle para Jovens Empreendedores), realiza anualmente, em Berlim, a Young Founders Conference (Conferência para Jovens Empreendedores). A bolsa é para até 25 empresários que desenvolveram seus negócios dentro dos últimos 5 anos. A primeira parte do programa consiste na Conferência que será realizada na semana dos dias 16 a 20 de Outubro de 2018 para que, desta data até Setembro de 2019 o contemplado (na bolsa) seja acompanhado numa mentoria.

O candidato deverá preencher os seguintes requisitos: a) ter iniciado uma empresa dentro dos últimos 5 anos num modelo escalável de negócios; b) ser a empresa dum país emergente e em desenvolvimento ou ter fortes pretensões de negócios em países do tipo e c) ter um nível de inglês bom ou suficiente para o trabalho. Deixando claro não só que os custos cobertos para o evento são apenas os referentes à viagem, hospedagem e alimentação, como também que, para aqueles que trabalham em áreas estreitamente relacionadas, como, por exemplo, em incubadoras, é possível participar da Conferência.

As inscrições deverão ser realizadas até o dia 25 de Junho no site https://www.estudarfora.org.br/bolsas-jovens-empreendedores-alemanha/. O resultado para os pré-selecionados sairá no dia 9/7/2018, e o definitivo, no dia 13/8/2018.

Bolsa de Graduação e Pós-Graduação na Universidade de Wichita

Fonte  Wichita State University

A Universidade de Wichita (WSU), no Kansas, oferece bolsas para estudantes internacionais, na modalidade de graduação e pós-graduação. É ofertado um desconto de 36% no valor total do curso para graduação e 38% para pós-graduação. Os candidatos devem realizar o processo de admissão para serem considerados concorrentes às bolsas. Existem três tipos de processo disponíveis no portal da Wichita State. A Universidade pede que todos os certificados (de ensino médio, de universidades ou faculdades) sejam transcritos e os que naturalmente não estiverem em inglês, traduzidos. Todos documentos devem estar carimbados por algum oficial da Educação ou do Ministério de Relações Exteriores.

Para os estudantes de graduação, é preciso que o GPA do aluno seja 3.0 (de 4.0). Ter sido aceito pela Universidade é fundamental para concorrer a Global Select Scholarships. A necessidade financeira do candidato não é levada em conta, porém é possível trabalhar no campus da Universidade de Wichita.

Como citado anteriormente, a universidade oferece três processos e os preços para cada um deles é diferenciado, assim como a data limite. Para começar na primavera de 2019, é preciso enviar todos os documentos até 15 de setembro de 2018.

 


Comentar usando