, Sexta-Feira - 21 de Setembro de 2018

 

Idoso mata ex-genro para impedir que filha fosse esfaqueada

Redação com assessoria / 8:58 - 16/05/2018

José Odilon da silva flagrou o momento da agressão e usou uma espingarda como defesa


WhatsApp-Image-2018-05-15-at-15.04.15-1-696x372

Arma utilizada no crime. (Foto: Ascom/PC)

Um idoso de 76 anos foi autuado por crime de homicídio simples ocorrido na Zona Rural de Craíbas. O assassinato teria sido motivado após José Odilon da Silva presenciar o ex-genro agredindo sua filha com golpes de faca peixeira.

De acordo com o delegado Thiago Prado, o idoso atirou contra, José Antônio da Silva, de 31 anos, no último sábado (12), no Sítio Lagoa Nova.

“José Antônio já tinha desferido cinco facadas na ex-mulher, quando foi flagrado pelo idoso, que ao ver sua filha sendo esfaqueada, pegou uma espingarda e deflagrou apenas um tiro contra seu genro, que veio a óbito”, explicou o delegado.

Os policiais civis conseguiram localizar, nesta terça-feira (15), a arma de fogo utilizada no homicídio. José Odilon também foi encontrado e encaminhado para o 62ºDP.

Em depoimento o idoso ressaltou que foi necessário atirar em José Antônio para defender sua filha, que acabou sendo atingida com cinco facadas na região dos seios e das costas.

Ela foi socorrida e levada para a Unidade de Emergência de Arapiraca, onde foi submetida a um procedimento cirúrgico e não corre risco de morte.

As investigações apontaram que José Antônio havia premeditado matar sua ex-mulher e que portava todos os documentos pessoais em uma mochila, pois pretendia fugir em uma moto logo após a prática do homicídio.

O delegado informou ainda que José Antônio possuía mandado de prisão em aberto, expedido pela comarca de Major Isidoro, por ter matado a facadas o próprio irmão, José Cícero.


Comentar usando