, Quinta-Feira - 19 de Julho de 2018

 

Faltam operadores de processos cerâmicos em Alagoas

Ascom / 4:10 - 20/01/2017

Senai oferta cursos para esta área que tem carência de profissionais


Procuram-se operadores de processos cerâmicos, em Alagoas. No Estado, há vagas para estes profissionais na indústria do setor, porém, faltam profissionais no mercado. Esses especialistas definem a qualidade matéria-prima das cerâmicas, identificando origem e características para poder utilizá-las da melhor maneira.
A função é um alicerce para qualquer indústria do ramo. O salário inicial do operador é de R$ 1.000,00, mais benefícios e com perspectiva de crescimento. Hoje, no estado de Alagoas, existem 22 empresas sindicalizadas.
Elas produzem cerâmica vermelha (telhas, tijolos, lajotas e canaletas) e revestimento cerâmico. Entre elas, a Pointer, pertencente ao grupo Portobello, que pretende aumentar sua planta.
O curso de operador em processos cerâmicos é ofertado pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), na área de Construção Civil, com duração de 180 horas e investimento total de R$ 630, que pode ser parcelado no cartão de crédito, em até dez vezes.
Para se inscrever, o aluno deve ter idade mínima de 18 anos e o ensino fundamental 1 completo. As aulas serão ministradas na Unidade Senai do Benedito Bentes. Para outras informações, os interessados devem entrar em contato com o Senai, por meio do telefone (82) 2121-7272.

Comentar usando