Eminem faz freestyle anti-Trump no BET Hip-Hop Awards

Papel Pop / 4:53 - 11/10/2017


Imagem: Web

Imagem: Web

Exibido ontem nos Estados Unidos, o BET Hip-Hop Awards foi marcado, entre vitórias de Kendrick Lamar e Cardi B, por um vídeo de Eminem, que atacou o presidente Donald Trump num freestyle de quase cinco minutos chamado “The Storm” (via Variety). O vídeo foi gravado sexta-feira em Detroit.

Direto como sempre, o rapper chama Trump de racista e hipócrita; critica a postura dele em relação à imigração, ao que ocorreu em Charlottesville (quando supremacistas brancos fizeram uma marcha na cidade) e à NFL, liga de futebol americano (onde jogadores estão se ajoelhando na hora do hino americano para protestarem contra a violência policial); e diz que não quer ter fãs que apoiem Trump.

“E qualquer fã meu que apoia ele / Estou traçando um limite / Ou você é a favor ou contra / E se você não consegue escolher de quem gosta mais / Ou quem deve apoiar / Eu decidirei por você com isso / Vá se foder.”

Em outro verso, ele fala:

“É como se déssemos um passo para frente e depois para trás / Mas essa é a forma dele de distração / Além disso, ele consegue uma reação enorme / Quando ataca a NFL, então focamos nisso / E em vez de falar sobre Porto Rico ou a reforma na lei de armas para Nevada / Todas essas tragédias horríveis, e ele está entediado e prefere / Causar polêmica no Twitter com os Packers.”

Mais um trecho:

“Então ele diz que quer diminuir nossos impostos / Mas quem vai pagar pelas viagens extravagantes dele / Com a família para os campos de golf e suas mansões? / É a mesma coisa pela qual ele criticou Hillary e aí ele faz mais / Desde seu apoio a [Steve] Bannon e aos membros da KKK / Com tochas nas mãos para o soldado negro / Que volta do Iraque e ainda dizem para ele que deve voltar à África / Um garfo e uma adaga nesse avô racista de 94 anos / Que continua ignorando nossos fatores históricos e deploráveis / Agora, se você é um atleta negro, você é um mimado / Por querer usar sua plataforma ou sua estatura / Para tentar dar uma voz aos que não tem nenhuma / Ele diz: ‘Você está cuspindo na cara dos veteranos que lutaram por nós!’”

No fim, Eminem diz:

“Restante da América, levantem-se / Amamos nosso exército e amamos nosso país / Mas odiamos Trump para caralho.”


Comentar usando