Em noite de Sarau, Seresteiros da Pitanguinha animam Museu Palácio Floriano Peixoto

Secult Alagoas / 2:54 - 21/02/2017

Bloco tradicional agita há 14 anos as prévias carnavalescas de Maceió


(Foto: Márcio Ferreira)

(Foto: Márcio Ferreira)

Em noite especial, os Seresteiros da Pitanguinha fizeram apresentação no Museu Palácio Floriano Peixoto. O grupo se apresentou junto com as cantoras do Coral do Instituto Federal de Alagoas (Coretfal), integrantes da Orquestra Pajuçara no Frevo, que há mais de 15 anos animam o bloco Pinto da Madrugada.

Com o tema Alagoando e vestidos de Guerreiro, personagem típico do folguedo do Estado, os seresteiros mostraram toda a alegria e o colorido da cultura alagoana.

“O investimento para você fazer um bom carnaval é alto. No nosso caso, que somos uma organização sem fins lucrativos, é de suma importância o apoio do Governo para que a gente preserve a memória e faça um bonito carnaval, momento que as pessoas se descontraem, deixam a realidade um pouco de lado e passam a viver a fantasia do carnaval”, disse o seresteiro Alfredo Gazzaneo.

(Foto: Márcio Ferreira)

(Foto: Márcio Ferreira)

Todos os anos, a pernambucana Leda Queiroga, do Coretfal, larga tudo em Recife e vem para Maceió para cantar no Pinto da Madrugada. “Sou da terra do frevo, nasci com o frevo no pé. Passei muitos anos cantando no Pinto, e, de três anos pra cá, faço questão de vim só para cantar no bloco. É incrível a proposta de resgatar os antigos carnavais, carnaval democrático, sem corda, onde o povo participa junto com a gente “, destacou.

A cantora Fátima Menezes se mostrou muito feliz em prestar homenagem ao Pinto e resgatar o frevo e as marchinhas carnavalescas. “O Carnaval 200 anos está sendo incrível, uma emoção muito grande poder participar”, disse.

(Foto: Márcio Ferreira)

(Foto: Márcio Ferreira)

A secretária de Estado da Cultura, Mellina Freitas, ressaltou a importância de o Governo promover momentos de folia, alegria, lazer e cultura para a população, mesmo em época de crise. “O Carnaval Bicentenário tem sido um verdadeiro sucesso. E mesmo com as dificuldades que o Brasil inteiro atravessa, o governador Renan Filho tem demonstrado a consciência da importância da cultura, das demonstrações artístico-culturais para o nosso povo”, falou.

“Tenho dito que uma sociedade sem cultura não reconhece seus avanços, não valoriza suas maiores potencialidades e não acessa os sentimentos as suas raízes, portanto eu fico extremamente honrada em fazer parte dessa equipe, que tem conseguido, este ano,  assegurar a realização das prévias tradicionais, como a homenagem ao Pinto da Madrugada, o Eterno Pinto, que levou milhares de famílias para a orla de Maceió”, concluiu a titular da pasta.


Comentar usando