Boa Noite!, Terça-Feira - 14 de Agosto de 2018

 

Em Arapiraca, Collor anuncia pré-candidatura à Presidência em 2018

Sete Segundos / 3:33 - 19/01/2018

Collor foi eleito presidente em 1989, mas renunciou ao cargo em dezembro de 1992 por impeachment


O senador Fernando Collor de Mello pretende retornar à presidência da República. A intenção foi anunciada nesta sexta-feira (19), em Arapiraca, durante abertura da sede do comitê regional do Partido Trabalhista Cristão (PTC) no Agreste alagoano.

“Este momento é um dos mais importantes da minha vida, como pessoa e como homem público, porque hoje a minha decisão foi tomada: sou sim pré-candidato a presidente!”, afirmou Collor durante a solenidade que reuniu lideranças locais e regionais, com destaque para a ex-prefeita de Arapiraca, Célia Rocha, presidente estadual do PTC e pré-candidata a deputada estadual.

Antes de declarar publicamente seu desejo de voltar ao Palácio do Planalto, Fernando Collor havia concedido entrevista em emissoras de rádio, sites e jornais de Alagoas.

Aos repórteres, o senador dizia que a definição de candidatura para presidente do Brasil não depende apenas de vontade pessoal, situação definida pelo destino e conjuntura política.

O senador também comentou a indicação, por parte de jornalistas e políticos, de seu nome ao cargo que ocupou de 1990 a 1992, colocando-se como opção entre os extremos representados pelo também ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o deputado federal Jair Bolsonaro.

Fernando Collor foi o primeiro presidente definido pelo voto popular após o período da ditadura no Brasil e volta a se posicionar como indicação ‘de centro’, apresentando-se como político com capacidade de reunir apoio para fazer frente aos nomes que atualmente têm a maior intenção de voto do eleitorado brasileiro.


Comentar usando