#DemocraciaNosDebates: TV Ponta Verde vai se igualar por baixo?

/ 1:29 - 27/09/2016

Saímos em defesa da democracia. Nenhum projeto de sociedade deve ser excluído do debate


14390793_1085836158171760_2661723793431848181_n
Este espaço é destinado aos temas nacionais, mas como jornalista alagoano, mesmo morando no Rio, não poderia deixar de comentar tal abuso e falta de compromisso com a sociedade maceioense.

A TV Ponta Verde / SBT vai realizar um debate com os prefeitáveis de Maceió. É logo mais. Me falaram que a emissora só convidou 4 candidatos para expor as ideias através das suas antenas transmissoras. Sinceramente, estou custando a acreditar. Não temos só 4 candidatos. Todos estão com as suas candidaturas registradas e merecem espaço.

Se essa atitude realmente se confirmar, a TV Ponta Verde / SBT se junta ao grupo das emissoras alagoanas que, como tantas outras, não tem compromisso com os alagoanos.

A concessão dada para a empresa operar é PÚBLICA e precisa garantir a DIVERSIDADE e PLURALIDADE de OPINIÕES do povo. Saímos em defesa da democracia. Nenhum projeto de sociedade deve ser excluído do debate.
Nas redes, a #QueroGustavonosDebates já viralizou. Mais do que um candidato, um projeto de sociedade está sendo colocado de fora da vista do eleitor de Maceió.

A TV Ponta / Verde é do Sistema Opinião de Comunicação, mas parece que para a emissora só a opinião da elite é a que importa. Rui Palmeira (PSDB), Cícero Almeida (PMDB), JHC (PSB) e Paulão (PT), são os melhores colocados nas pesquisas e, por esse motivo, vão participar do debate.

Mas que justificativa tosca, não? Quem nos garante que as pesquisas não mentem quando a história já nos provou várias vezes que há manipulação nos resultados das amostras? Seria ingenuidade, tentativa de sabotagem do processo democrático ou desonestidade intelectual?

Os telespectadores estão pedindo, ligando, mando mensagens e comentado na página oficial do Canal no Facebook. Eles querem democracia nos debates. A possibilidade de ouvir as propostas para decidirem seu voto. Daqui, sinceramente, eu ainda acredito que eles vão mudar de decisão. Uma emissora que se apresenta como nova não vai querer repetir velhas práticas da mídia alagoana coronelista e antidemocrática, não é?


Comentar usando