, Sábado - 22 de Setembro de 2018

 

Sócio Torcedor Futebol Clube

/ 12:27 - 04/12/2017


Estagiário – Elzir de Souza

A rivalidade entre os dois maiores clubes de Alagoas, CRB e CSA, vai além das quatro linhas e chega à disputa acirrada entre o número de sócios torcedores. Para se ter ideia da luta por associados, as diretorias do Galo e do Azulão traçam o objetivo para 2018 de duplicar o número de contribuintes. Atualmente, ambos os clubes tem cerca de três mil adimplentes.

90825c1f72efbd93cc0475c85e892b71

CSA aposta na Série B para atrair novos associados

O acesso ao Campeonato Brasileiro da Série B é a esperança do CSA para duplicar o número de sócio torcedores. Com 3,3 mil associados adimplentes, a diretoria azulina pretende atingir cerca de 6 mil no primeiro semestre e na segunda metade do ano chegar aos 10 mil. Entre outubro e novembro, o o Azulão já chegou a marca de 5 mil contribuintes.

socio

“No dia primeiro de dezembro iniciamos o mês com três mil e trezentos sócios pagando em dia e os outros quase 3 mil estão inadimplentes”, disse Leonarlly Ricitelly, supervisor de sócio torcedor do CSA.

Para Leonarlly Ricitelly, a transparência é determinante para obter a confiança e aproximar o torcedor do clube. “Um dos fatores determinantes para o sucesso é deixar o torcedor bem informado sobre o destino do dinheiro aplicado”disse Leonarlly Ricitelly.

Dos 3,3 mil associados, as mulheres são cerca de mil e crianças com idade até 12 anos atingem aproximadamente 150 sócios.

Iniciado em 2013 pelo Presidente Rafael Tenório ainda como diretor, O modelo de sócio torcedor do CSA superou expectativa ao atingir nos meses de outubro e novembro a marca de 5 mil sócios adimplentes. Jogando a fase decisiva da Série C ajudou ao clube a ganhar novos contribuintes.

Contribuindo mensalmente o sócio torcedor ajuda no desenvolvimento estrutural do clube. Em troca disso, dependendo do plano os associados têm acesso gratuito nos jogos com mando de campo, além de descontos em redes conveniadas como supermercados e faculdades.

CRB acredita no Galo Fiel para crescimento do sócio torcedor

A mudança na gestão do sócio torcedor do CRB entre 2016 e 2017 prejudicou no crescimento do número de sócios. Nesse ano foi implantado o Galo Fiel e mesmo com as dificuldades o clube conseguiu manter os 2500 torcedores associados.

FAF7

O programa de sócio do Galo ajuda ao clube a manter o Centro de Treinamento, fortalecendo a categoria de base e também destina recursos para o futebol profissional. O programa de sócio do CRB têm cinco categorias, começando pelo Galo paixão que da 20% de descontos na compra de ingresso e custa 15 reias, o prata tem acesso direto a arquibancada baixa e custa 40 reais, o ouro que custa 70 e acesso a arquibancada alta e o diamante 110 passe livre nas cadeiras.

A meta do Presidente Marcos Barbosa e do Marketing Regateado para 2018 é ultrapassar os 3000 sócios mensais adimplentes, número razoável para se trabalhar durante os meses.

“Para as crianças existe um plano exclusivo, o Galo Fiel Kids onde o principal benefício é ser mascote do clube, acompanhado os jogadores na entrada em campo. O valor para ser do plano é de 9,90 e possibilita descontos nas redes credenciadas”, destacou Thales Henrique, diretor de Marketing do CRB. Já para o sexo feminino não existe um plano específico, mas cerca de 20% dos sócios nos diversos planos são compostos por mulheres.


Comentar usando