Boa Tarde!, Sexta-Feira - 17 de Agosto de 2018

 

Copa do Mundo do Catar será disputada em novembro de 2022

/ 12:16 - 25/09/2015


Foto: Getty Images

Foto: Getty Images

A Copa do Mundo do Catar será disputada entre os dias 21 de novembro e 18 de dezembro de 2022, decidiu nesta sexta-feira o Comitê Executivo da Fifa, reunido em sua sede em Zurique, na Suíça, após aprovar o calendário internacional para o período entre 2018-2024.

Dessa forma, o Mundial do Catar terá 28 dias de duração, menos dos que os 31 dias da Copa do Mundo de 2014, no Brasil, realizada entre 12 de junho e 13 de julho do ano passado.

Com o anúncio, a Fifa encerra uma longa polêmica sobre a data de realização da Copa no Catar. O forte calor no Oriente Médio durante o verão, que chega a registrar temperaturas de até 50ºC, fez com que a entidade optasse pela realização do Mundial no outono do Catar, no fim do ano. A medida, no entanto, encontra muita resistência no futebol europeu, que terá que adaptar seu calendário para a disputa do torneio.

Além disso, o Comitê Executivo da Fifa, cujas decisões foram confirmadas em comunicado após o cancelamento da entrevista coletiva que estava prevista após o término da reunião, reiterou que os clubes não serão obrigados para liberar jogadores para os Jogos Olímpicos de 2016, no Rio de Janeiro, já que o torneio não faz parte do calendário da entidade máxima do futebol.

“No entanto, a Fifa pede o apoio dos clubes para que permitam a presença dos jogadores convocados por suas respectivas seleções para os Jogos do Rio, para dar a eles a oportunidade de fazer parte da experiência olímpica”, indicou a Fifa em comunicado.

O Comitê Executivo da Fifa, presidido pelo suíço Joseph Blatter, definiu também a agenda para o Congresso

Extraordinário de 26 de fevereiro de 2016, quando serão realizadas novas eleições para a presidência da entidade.

Entre outros acordos firmados hoje está a mudança nas quantidades de vagas para os próximos Mundias sub-17 e sub-20. A Oceania passa a ter um posto a mais, dois no total, diminuindo um da Uefa, que agora terá cinco.

A nomeação de Sonia Bien-Aimé como nova presidente do Comitê Organizador da Copa do Mundo Feminina Sub-20 foi outra das decisões do Comitê Executivo, assim como garantir uma maior presença da mulher nas delegações que participarão da próxima edição do torneio, realizado no ano que vem em Papua Nova Guiné.

A Fifa também determinou que a Federação Paquistanesa de Futebol revise seus estatutos e realize eleições dentro de dois anos, informando a entidade sobre o desenvolvimento do processo a cada seis meses. Além disso, alertou o Kuwait sobre uma possível suspensão devido à nova lei do esporte que deve entrar em vigor no país dentro de um mês.


Comentar usando