, Quinta-Feira - 15 de Novembro de 2018

 

Concurso de fotografias da UNESCO

Alyshia Gomes / 8:45 - 01/07/2018

As fotos selecionadas ajudarão a divulgar os programas da UNESCO que contribuem para a promoção da liberdade de expressão.


Foto de divulgação

Foto de divulgação

 

Um dos hábitos que adquiri enquanto professora de Direito Internacional Público foi o de visitar os sites de Organizações Internacionais. Posso confessar que, dentre todos, um dos que mais desperta minha curiosidade é o da United Nations Educational, Scientific and Cultural Organization, mais conhecida como UNESCO. Você conhece?

Trata-se de uma agência especializada das Nações Unidas com sede em Paris, fundada após a Segunda Grande Guerra com o objetivo de contribuir para a paz e segurança no mundo de uma forma bem interessante: através da educação, ciências naturais, ciências sociais/humanas e, finalmente, comunicação/informação.

Normalmente, quando falamos em UNESCO, pensamos de imediato nos programas ligados a redução do analfabetismo no mundo. Trago, então, uma novidade: um convite direcionado aos fotógrafos de todo o mundo para que enviem uma amostra de suas melhores fotos com imagens de jornalistas fazendo seus trabalhos.

O objetivo do chamado é buscar imagens notáveis de jornalistas que realizam seus trabalhos em diferentes contextos. Segundo o site da organização, as fotos podem estar relacionadas a (a) jornalistas internacionais e / ou locais que trabalham em investigações de casos de corrupção ou irregularidades políticas, (b) cobertura informativa de ensaios, conferências de imprensa, demonstrações e importantes eventos públicos, (c) dinâmica de gênero no trabalho jornalístico, (d) ameaças provocadas por assédio na Internet, (e) jornalistas que trabalham em mídia digital, (f) a vida cotidiana na vida dos jornalistas e (g) cenas na redação ou no estúdio de TV / rádio.

O site ainda explica que ” a chamada se concentra principalmente nos seguintes temas: jornalistas que trabalham com a polícia ou os militares, jornalistas que estão em área em conflito, os jornalistas que viajam em veículos blindados ou lideram uma empresa de mídia e estão sob proteção ou, em qualquer caso, jornalistas que trabalham em situações difíceis e arriscadas.”

Para aqueles que ainda não entenderam a relação entre os objetivos da agência e a chamada, o site tem o cuidado de apresentar uma boa explicação:“(s)endo a agência das Nações Unidas que possui um mandato específico para promover ‘a livre circulação de ideias pela escrita e pela imagem’, a UNESCO visa a promover a liberdade de expressão e, consequentemente, da liberdade de imprensa e, assim, familiarizar o mundo com o dia-a-dia e os desafios enfrentados pelos jornalistas.”

Como participar?

Aqui estão os requisitos para a apresentação de propostas: (a) máximo de 12 fotografias; (b) cor, (c) resolução mínima: 350 dpi, (d) tamanho mínimo: A4; (e) título da foto em inglês ou francês para cada fotografia com informações específicas (local, horário, assunto); (f) preço por foto individual.

As fotografias podem ser enviadas para o endereço eletrônico IDEI(@)unesco.org até antes da meia-noite (GMT) de 15 de julho de 2018. A UNESCO selecionará as fotos com base em um critério de representação equilibrada de mulheres e homens. A diversidade regional também será incentivada.

As fotos registrarão fatos locais, mas poderão produzir efeitos globais. Vale a pena participar!

 


Comentar usando