Ciclistas terão bicicletas reformadas de graça na Praça da Faculdade

Mariana Lima / 6:21 - 19/05/2017

Movimento organizado por ativistas do CicloMobilidade e universitários terá ainda atividades culturais e “desfile”


reforma bicicleta

Trabalhadores que usam a bicicleta como meio de transporte terão uma grande oportunidade neste sábado (20), na Praça da Faculdade com o “Pimp my bike”, ação de reforma das “magrelas” de graça, a partir das 8h. A ação é mais uma intervenção do coletivo CicloMobilidade na capital alagoana, conhecido já pelos censos de ciclistas e defesa de uma cidades para todos, e não apenas para os carros.

No “Pimp my bike”, os cicloativistas terão ajuda dos estudantes de Arquitetura e Urbanismo do Centro Universitário Tiradentes (UNIT) para manutenção e pintura das bicicletas, voltadas especialmente para os trabalhadores da região.

“A ideia é dar visibilidade aos usuários de bicicleta e contribuir para melhorar sua qualidade de vida. Nós vamos oferecer manutenção para as bicicletas dos trabalhadores, principalmente instalando freios, pois muitos circulam sem esse equipamento básico o que os coloca em grande risco quando circulam no trânsito”, contou Juliana Agra, designer e ativista da CicloMobilidade. “E outra edição pretendemos fazer no Benedito Bentes, já que é o ponto de maior circulação de bikes da cidade”, completou.

A inspiração para o evento, segundo Juliana, vai além do antigo programa da MTV que reformava carros e que foi muito copiado no Brasil. “A ideia veio de outra ação parecida, o Pimp my carroça, que foi uma ação que já ocorreu em São Paulo e Recife, onde os voluntários reformaram carroças de catadores de recicláveis, além de prestar atendimento de saúde para eles. Outro evento inspirador foi o ‘Meu chinelo não é freio’, que aconteceu em Recife”, contou, referindo-se à instalação dos freios.

Os ciclistas também pretendem ocupar a Praça da Faculdade pela tarde, com atividades culturais, graffiti, slackline, música, fitdance e recreação. Tudo de graça e a partir das 14h. Para encerrar o dia, um desfile pela Avenida Siqueira Campos, às 17h, vai mostrar o resultado do trabalho e as bikes “reformadas”.

Segurança dos ciclistas

O coletivo CicloMobilidade é conhecido pelos censos de ciclistas em pontos chaves de Maceió. A contagem dos usuários de bicicleta na Avenida Siqueira Campos, por exemplo, feita em novembro de 2016, mostrou que quase 2 mil ciclistas passam pela via diariamente. Por isso o Pimp my bike terá outra finalidade, também: recolher assinaturas e apoio para um abaixo-assinado que pede a implantação de uma ciclovia na avenida.

“Já passou da hora dos ciclistas terem plena segurança no trânsito de Maceió. A maioria das pessoas que usam a bicicleta aqui nessa região são trabalhadores e estudantes do bairro, muitos transportam crianças e familiares pela avenida. Queremos respeito para quem não pode ou escolhe não usar o carro como meio de transporte”, diz Juliana.

O abaixo assinado pode ser assinado virtualmente clicando aqui.

 


Comentar usando