Boa Noite!, Domingo - 18 de Novembro de 2018

 

CEI Aconchego promove ação beneficente no lar de idosos ‘Casa do Pobre’

Luís Otávio Mendonça - Estagiário / 5:01 - 16/08/2018

O encontro faz parte de uma serie de atividades que visam encorajar os estudantes a serem mais conscientes e participativos em sua comunidade


Cortesia

Cortesia

O Centro de Educação Integrada Aconchego realizou na tarde desta quinta-feira (16) uma ação beneficente no lar de idosos ‘Casa do Pobre’, no bairro da Ponta Grossa. A visita contou com doações e faz parte do projeto ‘Gentileza Gera Gentileza’, promovido pelo colégio, que tem como objetivo incentivar a cordialidade e a troca entre as gerações.

Através de atividades como jogos, teatro, oficinas e ‘aulões’ da solidariedade, os alunos são motivados a refletirem sobre como a empatia com o próximo, especialmente com os mais velhos, é parte fundamental de sua formação. O trabalho também conta com a participação dos pais dos estudantes, que colaboram na construção do projeto e incentivam os pequenos a aplicarem o que aprendido na escola durante o dia-a-dia.

De acordo com a Neuropsicopedagoga da instituição, Josefá Kelly, o encontro é parte integrada de uma serie de atividades que visam encorajar os estudantes a serem mais conscientes e participativos em sua comunidade.

O contato dos alunos com os idosos vai além das doações e das visitas: há uma troca de experiências. É o caso da residente Dona Floraci, de 84 anos, e da pequena Izabela, de 8. Há três anos, Floraci, decidiu costurar vestidos para bonecas de panos, como uma distração para passar o tempo. As bonecas acabaram chamando a atenção dos alunos durante a visita, principalmente a de Izabela, que contou que em uma das atividades realizadas pelo colégio, como o projeto ECOCEI, que incentiva a consciência ambiental, produziu brinquedos e jogos de tabuleiro com materiais sustentáveis.

Cortesia

Cortesia

A ação também conta com a parceria do Instituto Caminhar Melhor, que realiza ações filantrópicas em Maceió. O presidente da organização, Joseilton Araujo, contou que o projeto é ‘’um sonho realizado e muito gratificante em todos os aspectos, especialmente, em ver a alegria estampada no rosto de todos que participam’’.

O lar de idosos ‘Casa dos Pobres’ existe há 84 anos e conta com de 52 moradores, entre homens e mulheres. O coordenador da instituição, Bruno Montenegro, contou que a visita dos alunos e a ação integrada entre o Colégio e o Instituto são bem-vindas e promovem impactos positivos na vida dos residentes.


Comentar usando