, Domingo - 22 de Julho de 2018

 

Catadores de Marechal Deodoro avançam com Projeto Ser+ Realizador

Assessoria / 12:05 - 11/07/2018

Desde maio deste ano, a Braskem vem apoiando a Cooperativa, garantindo consultoria e melhorias na infraestrutura do galpão


Há quase dois meses, a Cooperativa de Catadores de Marechal Deodoro (COOPMAR) ganhou a adesão do Projeto Ser+ Realizador, desenvolvido pela Braskem. Através da parceria, a empresa entregou novos equipamentos aos cooperados e ofereceu suporte para contatos comerciais dado pela Prefeitura. Desde então, a Cooperativa tem avançado a passos largos na estruturação do seu negócio de reciclagem e os catadores comemoram um aumento de 100% em sua arrecadação mensal.

coopmar_release

O projeto 

realizado nacionalmente pela Braskem com cooperativas em todos os estados onde atua e que em Alagoas se aproxima da Cadeia Produtiva da Química e do Plástico (CPQP) – prevê a doação de fardamento, de equipamentos de proteção individual (EPI) e de maquinário para estruturar o trabalho de triagem. Ao mesmo tempo, capacita os catadores em consultorias de gestão e de melhorias no processo produtivo, para que eles possam assumir o papel de protagonistas em seus negócios.

“A COOPMAR recebeu uma empilhadeira, paleteira com balança, big bags e mesa de triagem. A prensa deve chegar nos próximos dias. A entrega é apenas uma parte do projeto, pois a consultoria de processos avalia desde a alocação dos equipamentos no galpão a fim de que o espaço seja o ideal para uma produção eficiente, até a distribuição de catadores por função, de forma a facilitar a linha de processamento e otimizar a produção deles”, explicou Régia Melo, analista de Relações Institucionais da Braskem.

Enquanto isso, o poder público também fez a sua parte e doou o galpão e um caminhão para viabilizar a coleta de resíduos e entrega na cooperativa. Outro suporte positivo tem sido o contato comercial, que possibilitou parcerias com grandes eventos em Marechal e na Praia do Francês, além de receber recicláveis das empresas do Polo Multifabril Industrial José Aprígio Vilela.

A Cooperativa tem se beneficiado com o avanço da reciclagem e destinação correta dos resíduos sólidos, alavancada pelo fechamento do lixão de Marechal Deodoro. Diante de uma obrigação legal, eles aproveitaram o trabalho que a Braskem e a Prefeitura de Maceió já haviam consolidado ao longo dos anos com as cooperativas maceioenses e têm se dedicado aos novos caminhos abertos pelo Ser+ Realizador.

“A experiência obtida com Maceió gerou um aprendizado enorme que acelerou o processo de trabalho da COOPMAR. A Prefeitura e a Secretaria de Meio Ambiente de Marechal Deodoro foram apoiadoras da iniciativa desde o início do projeto, o que facilitou e deu mais segurança aos cooperados, que já conheciam os resultados alcançados na capital”, salientou Régia Melo, que acompanha o Ser+ Realizador desde os primeiros trabalhos com as cooperativas de Maceió.

Para os cooperados, este é apenas o início, como aponta a presidente da Cooperativa, Maria do Carmo. “A chegada do Ser+ Realizador mudou tudo por aqui. Vamos passar por um treinamento para usar os equipamentos doados pela Braskem da forma correta e isso vai agilizar o trabalho. A Aline da Prefeitura [Aline Lima, assessora técnica da Secretaria de Meio Ambiente] faz o nosso Instagram e isso ajuda na divulgação. São todas essas ações que ajudam a dar uma visão mais séria e profissional do trabalho que estamos fazendo aqui, então a expectativa é crescer mais e mais”, arrematou.


Comentar usando